27 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 22º

Kemp afirma que aliança entre PT e PMDB seria a vontade de Dilma

O senador Delcídio do Amaral (PT) deixou claro que o assunto em discussão da conversa entre o governador André Puccinelli (PMDB) e o ministro chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, foi a possível aliança entre PT e PMDB, onde Delcídio seria candidato ao governo do Estado e André candidato ao Senado na mesma chapa dos petistas.

kempMas, embora esta seja a vontade da presidente Dilma Rousseff, segundo o deputado estadual Pedro Kemp, essa possível aliança não agrada o PT (Partido dos Trabalhadores) de Mato Grosso do Sul. para Kemp, a aliança não oferece nenhum ponto positivo ao partido, já que os partidos são adversários políticos. “Essa aliança não teria nenhum ponto positivo, afinal somos adversários políticos, temos projetos e pensamentos diferente, isso não acrescentaria nada para o partido”.

O deputado faz questão de ressaltar ainda, que seu partido fez campanha contra o governo de Puccinelli durante oito anos e se isso foi cogitado, seria uma vontade da presidente Dilma Rousseff . “Fizemos campanha contra o governo do André, não seria interessante para o partido fazer essa aliança. Essa pode ser a vontade da presidente Dilma, mas não é uma vontade bem aceita pelo partido”, garante o deputado.

Questionado sobre o assunto, o deputado Junior Mochi (PMDB) que também é líder do partido afirma que isso não foi discutido entre o Diretório Regional. “Eu ainda não conversei com o governador, vi ele hoje pela manhã, mas nada sobre este assunto foi comentado”.

Dany Nascimento