27 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Diante de mudanças no cenário político, PR pode ser um dos novos aliados do PSDB

A- A+

Com a entrada de Reinaldo Azambuja (PSDB) na disputa pelo governo do Estado, o deputado estadual e presidente do PR (Partido da República), Londres Machado admitiu que seu partido começou a dialogar com os tucanos. “Estamos conversando com o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Ontem o Reinaldo me ligou e disse que pretende passar por aqui na próxima semana para conversar. É isso que estamos fazendo, estamos conversando com os partidos”, explica o deputado.

Diante da confirmação de três pré-candidatos ao governo do Estado, Nelson Trad Filho (PMDB), Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB), o PR vem dando indícios de que estará uma chapa majoritária com os tucanos, já que de acordo com Londres, Azambuja vem mantendo contato com o PR. Vale lembrar que o interesse do partido é fazer parte de uma chapa majoritária e o PT (Partido dos Trabalhadores), que estava sendo cogitado para oferecer espaço ao PR, começou a cogitar o interesse em ter um vice do PDT (Partido Democrático Trabalhista) e ainda convidou o presidente da Fiems, Sérgio Longen a se lançar como pré-candidato ao Senado ao lado de Delcídio do Amaral (PT).

Mesmo assim, Londres garante que dentro da política tudo pode ser discutido e garantiu que no dia 26 de maio, seu partido se reunirá para definir possíveis alianças no Estado.  “Vamos decidir os caminhos a serem tomados em relação a alianças no dia 26 de maio, estamos conversando com Reinaldo Azambuja (PSDB) e com o senador Delcídio do Amaral (PT),”.

Questionado sobre uma possível aliança com PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) em Mato Grosso do Sul, Londres ressalta que seu partido não foi procurado pelo pré-candidato peemedebista. “Nosso partido não foi procurado pelo Nelsinho para conversar, por enquanto estamos conversando com Delcídio e Reinaldo”.

Dany Nascimento