13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Lula agradece confiança do brasileiro e critica campanha de ódio contra PT

A- A+

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) gravou ontem, uma série de vídeos sobre o processo eleitoral de 2014 e o futuro do Brasil. Durante o vídeo, o petista faz questão de relembrar os “ataques” que foram feitos ao PT (Partido dos Trabalhadores) pelo candidato a presidente da República, que foi derrotado por Dilma Rousseff (PT) no segundo turno, Aécio Neves (PSDB).

“Se você olhar como petista, você percebe que houve uma campanha de agressão ao PT, uma coisa muito dura contra o PT, a ponto do Aécio ficar dizendo que é preciso acabar com o PT, tirar o PT”, diz o ex-presidente.

Lula destaca que o cidadão brasileiro realizou uma eleição que teve como lição a democracia. “Se a gente olhar para essa eleição como eleitor ou como cidadão brasileiro, a gente vai perceber que houve lição de democracia extraordinária do povo brasileiro mais uma vez, isso vale para os eleitores da Dilma e do Aécio. Foi um comportamento de quem quer consolidar definitivamente a democracia como um valor inestimável neste pais”.

No vídeo, o ex-presidente diz que precisa agradecer o comportamento do povo brasileiro durante a disputa eleitoral e que os trabalhos realizados pelos petistas nos próximos anos, devem ser baseados nos pedidos feitos pela população durante as campanhas eleitorais. O ex-presidente disse também, que após a gestão do PT no país, a classe média conseguiu acesso a tecnologias e que hoje, não existem crianças pedindo dinheiro em semáforos como existia há dez anos.

“Uma parte da nova classe social está tendo possibilidade de viajar de avião, ter acesso as coisas modernas que todos querem ter, internet, coisas boas dentro de casa, são eleitores da Dilma e dos outros, não tem como criar um curral eleitoral dentro das classes sociais, o que vale é a mensagem política que você tem que passar. As pessoas falam mal do bolsa família, agora pense como seria o Brasil sem o bolsa família. Pega São Paulo como a Capital mais importante do pais e veja que há dez anos atrás você parava no semáforo e tinha crianças de dez doze anos pedindo esmola, agora temos malabaristas. Mudou o cenário, acabou a miséria, a classe média ganhou mais com isso, todo mundo subiu um pouco. É uma conquista universal da democracia”.

Questionado sobre os eleitores estarem divididos nas eleições de 2014, Lula diz que a diversidade política do país deve ser respeitada. “Eles dizem em toda eleição que o país está dividido, isso é bobagem, é como um jogo de futebol, as pessoas se dividem, cada um tem o direito de torcer para seu time e na política é a mesma coisa. No mundo todo temos essa divisão, temos que respeitar a diversidade política do nosso país”, finaliza o ex-presidente.

 Dany Nascimento