25 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 21º

Mandetta cogita possibilidade de se lançar como pré-candidato ao Senado ao lado de Azambuja

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) garantiu que a conversa realizada entre o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) e o prefeito de Dourados, Murilo Zauiht (PSB) no último fim de semana, não interfere na relação dos tucanos com o DEM (Democratas), mesmo sabendo que Zauiht solicitou a Reinaldo que pensasse na possibilidade de ter um membro do PSB (Partido Socialista Brasileiro) em uma chapa majoritária caso a aliança com o PT (Partido dos Trabalhadores) fosse descartada pela executiva nacional.

Mandetta acredita que dentro da política tudo é possível e faz questão de ressaltar a possibilidade de se lançar como pré-candidato ao Senado. “É natural este tipo de conversa entre o PSB e o PSDB, mas o DEM continua com seu espaço natural e isso não interfere em nada. Estamos sempre discutindo ideias, se o partido entendesse que meu nome é forte para concorrer ao Senado ao lado do Azambuja, eu aceitaria tranquilamente, temos que trabalhar em cima de ideias. Se o partido tiver outro nome para indicar, como por exemplo, do deputado estadual Zé Teixeira (DEM), vou concordar e assim vamos trabalhando, a política é feita de ideias”, afirma o deputado.

Segundo o deputado, todos estavam aguardando a decisão do governador André Puccinelli (PMDB) sobre sua possível ida ao Senado e agora tudo pode acontecer. “A expectativa estava na decisão do governador que decidiu não sair como pré-candidato, agora temos que trabalhar em cima de ideias”.

Dany Nascimento