16 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 22º

Aliança informal com PT é inviável, afirma deputado tucano

Após a executiva nacional do PT vetar a aliança entre o partido e o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) em Mato Grosso do Sul, os petistas defendem agora uma “aliança informal" entre eles e tucanos no Estado. No entanto, ao que tudo indica, esta vontade é exclusiva do PT.

De acordo com o deputado estadual e presidente regional do PSDB, Marcio Monteiro, toda aliança deve ser feita formalmente. “Acho difícil ter uma aliança informal no Estado, qualquer aliança deve ser feita formalmente. Ainda vamos nos reunir para discutir assuntos como este, mas acredito que será muito difícil se aliar informalmente com o PT no Estado, hoje isso seria muito dificil”, afirma o deputado.

Monteiro ressalta que o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) ainda não definiu se será candidato ao governo do Estado ou ao Senado. “Ainda não foi definido, vamos fazer uma reunião para conversar sobre as possibilidades, mas em todo caso, só teremos isso definido no final do programa Pensando MS”.

Márcio Monteiro garante ainda, que as conversas com outros partidos como o DEM (Democratas), PPS (Partido Popular Socialista), e outros partidos que demonstraram vontade de caminhar ao lado dos tucanos  continuam sendo realizadas, cogitando a possibilidade de ter um vice e até mesmo um pré-candidato ao Senado ou ao governo do Estado nas eleições de 2014.

Dany Nascimento