21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Eleição 2016

Marquinhos assegura parceria com comerciantes na Capital

A- A+

O candidato do PSD a prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, se reuniu com comerciantes na Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, nesta terça-feira (27). Ele apresentou propostas, assegurou parceria e ouviu pedido de “banho de loja” para o Centro.

Os empresários reclamaram do abandono da região, que hoje enfrenta problemas de falta de iluminação, segurança e até de limpeza. “O Centro deveria ser um cartão postal. É aqui que tudo começou. Nós sonhamos com um centro que seja um shopping a céu aberto. O Centro está precisando de um banho de loja”, reclamou uma das empresárias.

Marquinhos se comprometeu a fazer uma gestão participativa e parceria com comerciantes para resolver os problemas. Ele assegurou, inclusive, que vai escolher um dos comerciantes presentes para liderar o trabalho de reconstrução do Centro. “Vocês serão os motoristas e eu o carro”, garantiu.

Ainda durante o encontro Marquinhos falou, principalmente, em gestão, criticando a falta de criatividade para melhorar a receita do Município. “Hoje 80% da arrecadação vem dos governos. A gestão pública tem que ser igual a de uma empresa privada, senão é difícil ir pra frente. Nossa equipe vai ser técnica e não política. Não adianta ter um gestor bom se não tiver uma equipe boa. Nossa arrecadação será eficiente, criativa, sem a necessidade de aumento de imposto e arrocho”, assegurou.

Marquinhos criticou a burocracia, que permanece por falta de iniciativa do gestor e afirmou que vai implantar um novo ritmo para o serviço público. “Os servidores vão sentir meu ritmo, ou acompanha ou vai ser substituído. Não vão ficar de lado para outros trabalharem. Vamos devolver a cidade para vocês”, pontuou.

O candidato do PSD lembrou que a falta de auxílio do governo e a crise resultou em 11 mil desempregados em Campo Grande e que é preciso uma mudança urgente. “Vamos fazer uma gestão eficiente, criativa, que não aumenta imposto e nem criar taxas. Ninguém suporta mais tanto imposto. Antes de político, sou consumidor. Vamos resolver toda a burocracia que existe, garantindo celeridade e competência. Vamos dar ao servidor a condição para resolver os problemas com eficiência e celeridade”, declarou.

Durante todo o diálogo, onde respondeu a pergunta dos comerciantes, Marquinhos falou em parceria e do governo sério e responsável. Ele pontuou que a gestão participativa garante transparência e barra a corrupção.

“Não quero um oficial de Justiça batendo na minha porta e minha filha saindo para atender. Vou fazer uma gestão com participação popular. Quando você descentraliza, reduz a corrupção. Sozinho você leva a gestão para o abismo. Vamos estabelecer parcerias e fazer a melhor administração que esta cidade já teve. Vou fazer uma gestão transparente, que vai marcar época e nossos filhos e netos terão orgulho de ter um prefeito que cumpriu a lei e fez a cidade crescer”, finalizou.