22 de outubro de 2021
Campo Grande 32º 17º

Mesmo diplomado, Cury garante que continua ao lado de Bernal. 'Pagar 13º nessas condições, é vitória

A- A+

O vereador Eduardo Cury (PTdoB) desmentiu boatos sobre possível mudança de posicionamento na Câmara da capital após diplomação.

Cury que havia conquistado na cadeira na Câmara com posse de Paulo Pedra na Secretaria Municipal de Governo foi diplomado nesta segunda-feira (14) e agora tem garantido mandato devido à cassação dos vereadores Paulo Pedra, Thais Helena (PT) e Delei Pinheiro (PSD).

O vereador garantiu que não vai ingressar bloco da oposição e continuará independente. O prefeito Alcides Bernal (PP) possui atualmente três vereadores que se dizem base. Betinho (PRB), Luiza Ribeiro (PPS) e Cazuza (PP).

 “Não é a minha cara, agora que sou ‘efetivado’ mudar minha posição. Portanto continuo sem ser oposição ao Bernal. Nossa capital está tão crítica, nossa prioridade é pagar 13º agora”.

13º dos Servidores

Para Cury, Bernal está fazendo o que pode diante da situação atual do caixa do Município. “Do jeito que ele pegou a Prefeitura, era pra ter R$ 94 milhões para poder pagar o 13º, mas não tinha. Ele está tentando reorganizar a situação. Nessas condições, considero uma vitória a forma como será feito o pagamento".

Lixo

O vereador também antecipou sua preocupação com possível mudança de mãos do contrato de coleta de lixo em Campo Grande, uma vez que Bernal anunciou que pretende, com base no laudo da Polícia Federal, suspender contrato com Consórcio CG Solurb, e há possibilidade de serviço ser assumido por empresa de São Paulo, sem que nova licitação seja feita.

"Eu pretendo conversar com o prefeito ainda esta semana para verificar e saber sobre que tipo de contratação pode ser feita. Não podemos fazer nada irregular, não podemos errar nesse momento e temos que seguir o rito".