20 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Mesmo sendo primo de Nelsinho, Mandetta acredita que DEM caminhará com Azambuja

O deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB) afirmou na manhã de hoje, que o DEM (Democratas) ainda não fechou aliança com nenhum partido no Estado e isso pode levar os Democratas a se aproximarem do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), levando em consideração que o pré-candidato peemedebista, Nelson Trad Filho é primo do deputado federal e presidente do DEM, Luiz Henrique Mandetta.

Contrariando as afirmações de Rocha, Mandetta garantiu que questões familiares não se misturam com questões políticas, ressaltando que seu partido está mais próximo do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) em Mato Grosso do Sul. “O Nelson Trad é meu primo e isso me leva a ter certeza de quem é meu pai e quem é minha mãe. Isso significa que meu pai é irmão da mãe dele. Mas questões políticas não se misturam com questões familiares, isso não influencia na escolha política de forma alguma”, afirma Mandetta.

O deputado diz que existem dois caminhos para o DEM, de coligar com PMDB ou com PSDB no Estado e faz questão de declarar que o Democratas tem mais afinidade com o plano de governo dos tucanos. Diante disso, caso uma aliança seja formada no Estado, Mandetta acredita que Nelsinho terá capacidade para entender a decisão. “É uma questão de ter afinidade no plano de governo, eles defendem o novo e nós queremos o novo. Estamos muito próximos do PSDB e acredito que caso uma aliança seja feita, o Nelson Trad Filho entenderá muito bem a decisão do partido, sem misturar questões pessoais. Tenho uma amizade e um respeito grande por ele”.

Além de se identificar com o plano de governo do pré-candidato ao governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), Mandetta ressalta que existe a possibilidade do DEM indicar alguém para compor a chapa dos tucanos e concorrer ao Senado. “Existe a possibilidade do nosso partido indicar um nome ao Senado. Eu gostaria de me lança ao Senado ao lado do Azambuja e temos nomes muito fortes dentro do Democratas. Tem o deputado estadual Zé Teixeira que é um homem muito respeitado no interior do Estado e tem uma experiência muito grande. Se eu for ao Senado, ele pode se lançar como deputado federal”.

Mandetta que o DEM pretende fazer uma reunião interna na primeira quinzena do mês de junho e marcar a convenção para o dia 28 ou 29 de junho.

Dany Nascimento