29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

"Mudar é bom, mas voltar a ter favela não", afirma Puccinelli sobre Bernal

O governador André Puccinelli (PMDB) discursa neste momento na inauguração da primeira etapa do Residencial Nelson Trad, construído pelo programa federal Minha Casa Minha Vida em parceria com governo do Estado e prefeitura. Puccinelli ressaltou que Campo Grande viveu um período longo de estagnação e que depois de março deste ano, a Capital voltou a caminhar e muitas das obras e recursos que estavam parados foram destravados."Conseguimos destravar alguns projetos e conseguimos isso de março para cá. Eu não sou candidato a nada e minha fala não é eleitoral e sim de um pai que cuida da filha Campo Grande e dos filhos de Mato Grosso do Sul", declarou André visivelmente emocionado. O governador destacou que mudanças são sempre bem vindas, mas que é preciso promovê-las com responsabilidade. Puccinelli usou como exemplo a mudança da paisagem urbana de Campo Grande com o retorno das favelas em diversos bairros da Capital. De acordo com Puccinelli, as favelas haviam sido extintas durante sua gestão enquanto prefeito, mas tomaram conta de bairros da cidade desde janeiro de 2013. "Mudar é bom, agora voltar a ter favelas não é bom", declarou Puccinelli. Ao encerrar sua fala, André aconselhou o prefeito Gilmar Olarte (PP) a manter um bom relacionamento com a Câmara de Vereadores e evitar conflitos políticos. "Não vai brigar com a Câmara que nem uma anta que estava antes brigava, uma anta que aplicou o 171", declarou o governador em alusão ao ex-prefeito Alcides Bernal. Puccinelli também admitiu que "por pouco" não se deixou levar pelo discurso de Bernal. "Um cara que fala bem, eu quase entrei na dele". Heloísa Lazarini e Dany Nascimento