11 de maio de 2021
Campo Grande 34º 18º

Novo governo

"Não daria conta do recado", diz Bolsonaro ao substituir Onyx em articulação política

"Onyx mesmo sabe disso. Ele vai ter uma tremenda dificuldade. Está muito sobrecarregada a pasta dele", afirmou o então presidente

A- A+

Em entrevista ao portal Poder 360, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) explicou a razão pela qual atribuiu ao general Santos Cruz, da Secretaria de Governo, a função de promover a articulação política do governo, tarefa até então de exclusividade da Casa Civil, a ser ocupada por Onyx Lorenzoni (DEM). Segundo ele, o futuro ministro sozinho não daria conta do recado.

"Onyx mesmo sabe disso. Ele vai ter uma tremenda dificuldade. Está muito sobrecarregada a pasta dele. Quando você fala de 600 parlamentares, não tem como 1 cara sozinho dar conta disso. Pelo menos nas 3ªs, 4ªs e 5ªs, vai ter pelo menos uns 20 [congressistas] para falar com ele lá. E não é só falar. É falar e dar uma resposta. Ele [Onyx] não daria conta do recado. Ele queria matar no peito. Mas não vai matar no peito. É sem condições", afirmou.

A ação de Bolsonaro foi vista por parte do Congresso como um fator de desprestígio de Onyx. O democrata, vale lembrar, possui desafetos na Câmara e também dentro do novo governo. Entre eles, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.