28 de junho de 2022
Campo Grande 28º 17º

ELEIÇÕES 2022

'Não tem reajuste para servidor', anuncia Bolsonaro

Pré-candidato à reeleição, Bolsonaro chegou a dizer que priorizaria o aumento de categorias policiais

A- A+

O presidente Jair Bolsonaro (PL) descartou nesta segunda-feira (13.jun.2022) o reajuste para os servidores federais ainda em 2022. Afirmou que o governo estuda nova medida via aumento do auxílio-alimentação. Deu a declaração a jornalistas, na rampa do Palácio do Planalto.

“Lamentavelmente, não tem reajuste para servidor. Nós estamos tentando agora, que tem que vencer legislação eleitoral, dobrar, no mínimo, o valor do auxílio-alimentação” , disse.

Desde o início do ano eleitoral o governo federal tentava encontrar uma maneira para dar reajuste aos servidores públicos, mas esbarrou no aperto das contas públicas.

O auxílio-alimentação, no entanto, precisa de aval de outros órgãos, como a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, segundo o presidente. “Tenho que vencer aqui a PGFN. O Governo tem que dar um parecer. Não posso dar canetada e por decreto mandar um projeto para o Congresso do nada. Tenho que estar amparado”.

Pré-candidato à reeleição, Bolsonaro chegou a dizer que priorizaria o aumento de categorias policiais, uma de suas principais bases de apoio, o que gerou uma onda de insatisfação das demais classes de servidores.

No fim do mês de maio, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que poderia ser dado um aumento de 5% para todas as categorias do Executivo Federal. Agora, Bolsonaro indica que nem mesmo essa porcentagem será possível.