20 de abril de 2021
Campo Grande 32º 19º

'Não vem conversar'

'O prefeito quer administrar sem o Legislativo' diz Rocha

Durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande nesta terça-feira (29) o presidente da Casa João Rocha (PSDB) se mostrou decepcionado da forma como o atual prefeito Alcides Bernal (PP) tem tratado o Legislativo. Rocha lembra que tentou aproximação de várias formas e esperava no mínimo o retorno do prefeito de forma institucional.

“Nós esperávamos no mínimo um retorno como chefe do poder executivo, estabelecer um diálogo e um relacionamento verdadeiro com a Câmara Municipal, atendendo as indicações que os vereadores fazem. Ele manda projeto para Casa e não vem conversar, explicar tecnicamente o projeto, isso seria a boa conduta, é o mínimo do relacionamento entre os poderes”.

 Rocha disse ainda que não entende a posição de Bernal e citou que existe sim uma dificuldade de falar com o prefeito, Bernal sempre diz que ‘as portas da prefeitura estão abertas’, mas isso não é verdade. “O que ele quer que a gente faça? Que ele fique sentado em uma cadeira e nós vamos lá? Ele não queria receber o presidente da Câmara com um cheque de R$ 10 milhões, imagina se ele vai receber para outra coisa”.

Sobre uma possível abertura de uma nova comissão processante para pedir o afastamento ou até mesmo uma nova cassação do prefeito, Rocha diz que é possível que isso possa acontecer , segundo o presidente ‘o prefeito pretende estalar uma ditadura municipal’, no entendimento do presidente o prefeito quer administrar sem reconhecer o poder legislativo.

“Sobre a abertura de uma nova comissão, nós temos que fazer, se as ações do prefeito deixam de cumprir a Lei Orgânica, ou administrar de forma irregular, é uma obrigação da Casa seguir o mesmo rito que já aconteceu”.