03 de maro de 2021
São Paulo 39º 24º

Lava Jato

Odebrecht anuncia colaboração definitiva e propõe delação de executivos da empresa

Após conclusão da 26ª fase da Operação Lava Jato, que revelou existência de sistema de contabilidade paralelo da empresa destinado a efetuar pagamentos ilícitos em esquema de propina, a empreiteira Odebrecht emitiu nota no final da noite desta terça-feira (22) informando que vai colaborar de forma definitiva com investigação. Conforme revelou a Polícia Federal, a Odebrecht é uma das empreiteiras que pagavam propina a executivos da Petrobras para obter vantagens em contratos da empresa. 

Ainda segundo a empresa, os executivos da Odebrecht estão disponíveis para fazer acordos de delação premiada. Em nota, a Odebrecht alega que: "Apesar de todas as dificuldades e da consciência de não termos responsabilidade dominante sobre os fatos apurados na Operação Lava Jato – que revela na verdade a existência de um sistema ilegal e ilegítimo de financiamento do sistema partidário-eleitoral do país..."

Enter os executivos investigados na Lava Jato, está o ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, preso em Curitiba desde junho de 2015. Nesta terça-feira (22) após divulgação da nota da empresa, o executivo também anunciou, por meio de advogados, que pretende fazer acordo de delação premiada. Marcelo é tido como um dos principais articuladores do esquema de propina na Petrobras.