31 de julho de 2021
Campo Grande 26º 10º

Para Jerson, Marquinhos Trad "pecou" em criticar apoio de governador a Dilma

A- A+

O deputado estadual e presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Jerson Domingos (PMDB) criticou a atitude do deputado Marquinhos Trad (PMDB) ao conceder entrevista à imprensa dizendo que o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) estaria apoiando a presidente Dilma Rousseff (PT) nas eleições de 2014 pensando no bem do Estado, ressaltando que Dilma é revanchista e segura recursos aos adversários.  Jerson destaca que o PMDB (Partido da Social Democracia Brasileira) pretende apoiar um pré-candidato à presidência que não fez nada por Mato Grosso do Sul, ao contrário da presidente Dilma Rousseff (PT).

“Hoje o deputado Marquinhos Trad (PMDB) está tecendo críticas ao governador do Estado devido ao apoio à presidente e eu não enxergo esse revanchismo que ele citou. Eu não conheço o pré-candidato que eles pretendem apoiar, mas ele por Mato Grosso do Sul fez até hoje absolutamente nada. Portanto acho que o Marquinhos faz uma avaliação errada nesse momento. Quem garante que esse pré-candidato vai fazer por Mato Grosso do Sul tudo que a Dilma e o Lula fizeram, eu não sou petista, mas eu reconheço tudo que fazem pelo meu Estado”, afirma o deputado.

De acordo com Jerson, Dilma liberou muitos recursos para a Capital durante a gestão de Nelson Trad Filho (PMDB). “A prefeitura de Campo Grande muito usufruiu dos recursos federais quando o Nelsinho estava à frente, não sei dizer o total do quanto foi enviado pelo governo federal, tanto que o André apoiava outro candidato e o próprio Nelsinho apoiava a Dilma em decorrência de tudo que ela fez pela prefeitura de Campo Grande”.

O presidente ressalta ainda que essas afirmações de Marquinhos Trad (PMDB) demonstram o não reconhecimento a tudo que foi feito durante a administração de seu irmão. “O Marquinhos não está reconhecendo tudo que foi feito pelo governo federal para o Estado e muito menos o que foi feito durante a própria gestão de seu irmão”, finaliza o deputado.

Dany Nascimento