02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Depois de PTB, PT deve ter mais aliados até a convenção, afirma Paulo Duarte

A- A+

O presidente regional do PT (Partido dos Trabalhadores), Paulo Duarte comemorou a decisão tomada na manhã de hoje pela maioria dos membros do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), que decidiram por 32 votos, apoiar os petistas em Mato Grosso do Sul. Ao contrário do que foi dito por David Marques, que seria vice do pré-candidato ao governo Anderson Monteiro, caso o PTB decidisse lançar candidatura própria, de que o interesse do PT era no tempo de televisão do PTB, Paulo Duarte garantiu que os petistas valorizam a representatividade dos petebistas no meio político.

“Não é só o tempo de TV que conta, o que vale mesmo é o que o PTB representa dentro da política. É um excelente partido, tem grandes pré-candidatos para deputado estadual e isso conta muito. Gostei muito da atitude da maioria, que optou por caminhar conosco nas eleições de 2014”, afirma o presidente.

Paulo Duarte afirmou que esteve no diretório do PTB e conversou com o presidente do partido, Ivan Louzada. “Eu fui até o diretório no final da votação, conversei com o Ivan e percebemos que esse é o caminho. A maioria optou por caminhar conosco e estamos muito felizes com a decisão”.

Questionado sobre a possibilidade de adquirir mais aliados até a realização da convenção, que será no dia 27 de junho, cogitando ter o apoio do PTN (Partido Trabalhista Nacional) e do PSC (Partido Social Cristão), Paulo Duarte garante que os petistas estão dialogando com vários partidos e existe a possibilidade de aumentar o número de viajantes no “Busão do Delcídio”. “Estamos conversando com vários partidos, tudo pode acontecer. Nosso objetivo é ter cada vez mais aliados e estamos trabalhando para que isso aconteça”.

 Dany Nascimento