30 de julho de 2021
Campo Grande 20º

PDT reafirma apoio a Delcídio e deve lançar quatro candidatos a deputados federais

A- A+

Com pouco mais de uma hora iniciada, a Convenção Estadual do PDT deve homologar a candidatura de 23 deputados estaduais em uma chapa com PSDC que terá quatro candidatos a deputados estaduai, e quatro deputados federais no chapão do PT. Segundo o presidente regional do partido João Leite Schimidt, o PDT dá inicio hoje a uma campanha que "tem tudo para ser vitoriosa". Schimidt reiterou a aliança com PT e afirmou que o PDT é um companheiro de destino e não apenas um parceiro de viagem do Partido dos Trabalhadores. "Quando o PT nos procurou não havia motivos para não formar aliança. Somos aliados do PT nacional há 20 anos e seria paradoxal não nos unirmos ao Delcídio aqui", explica Schimidt. Além de homologar as candidaturas de deputados estaduais e federais, o PDT confirma o nome de Leocádia Aglae Petry Leme como 1ª suplente do candidato do PT ao Senado, Ricardo Ayache. Para o vice-presidente do PDT, candidato a deputado federal Dagoberto Nogueira, o chapão de federais garantiu ao PDT competitividade assim como a autonomia concedida a eles por Delcídio, pré-candidato ao governo, de formar uma chapa única para os estaduais.  Outro ponto destacado por Dagoberto é o compromisso de Delcídio em aproveitar os candidatos principais não eleitos no governo caso ele vença as eleições. "A chapa é muito competitiva e nãovejo ninguém mais importante que outro. E outra coia muito importante foi a conversa com Delcídio que nos garantiu que os principais concorrentes caso não tenham êxito serão aproveitados no governo e isso tranquiliza todos nós", afirma. Dagoberto também destaca que esse compromisso faz com que os candidatos a deputados, estaduais e federais, trabalhem juntos e unidos em torno da vitória de Delcídio. "Eu hoje não encaro o Zeca ou o Vander como concorrente, estamos no mesmo projeto." *Editada às 12h58 para acréscimo de informações Heloísa Lazarini