26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

Pedra e Shimabukuro continuam na base e aliados discutem estratégia para evitar cassação

O vereador Paulo Pedra (PDT) desmentiu os boatos de que havia abandonado a base aliada do prefeito Alcides Bernal (PP) dois dias antes da sessão de julgamento que pode cassar o mandato do chefe do executivo.

“Eu saí? Não. Estou aqui conversando com o Pedro Chaves (secretário municipal de governo e relações institucionais). Isso é informação dos opositores”, alfinetou.

Segundo o vereador, alguns aliados se reuniram ontem com Pedro Chaves para traçar estratégias que serão usadas para conseguir barrar a cassação, mas Pedra evitou dar mais detalhes. O vereador garante que Edson Shimabukuro (PTB) continua firme com a aliança e votará a favor do prefeito. ontem, no início d anoite, houve uma reunião entre Pedro Chaves e dez vereadores da base, segundo Airton Araújo.

Apenas o vereador Cazuza não compareceu à reunião, pois está se recuperando de uma cirurgia e nem sabe se estará presente na sessão de julgamento. De acordo com Ayrton, devem marcar presença os vereadores Paulo Pedra, Edson Shimabukuro, Carlão (PSB), Jamal (PR), Alceu Bueno (PSL), Zeca do PT, Alex do PT, Gilmar da Cruz (PRB) e Luiza Ribeiro (PPS).

Diana Christie