25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

Petistas afirmam que ato desesperado vem do PMDB que cogitava aliança com o PT

O pré-candidato do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) ao governo do Estado e secretário de Estado Extraordinário de Articulação, de Desenvolvimento Regional e dos Municípios, Nelson Trad Filho, afirmou diversas vezes que essa aliança formada entre PT (Partido dos Trabalhadores) e PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) em Mato Grosso do Sul, é uma atitude desesperada dos petistas, que perderam a credibilidade ao apoiar o ex-prefeito cassado, Alcides Bernal (PP).

Mas, ao tomar conhecimento das afirmações de Nelsinho, os petistas destacam que o discurso de revolta vindo do adversário peemedebista prova que o ato desesperado vem de seu partido. “De acordo com as pesquisas, nosso candidato Delcídio do Amaral continua na frente e claro que se ele disse isso, o desespero está partindo dele que sabe que estamos formando uma aliança forte no Estado, que busca alcançar o anseio da população, será que realmente são os petistas que estão desesperados?”, afirma o deputado Amarildo Cruz (PT) em tom irônico.

Amarildo faz questão de afirmar que existem membros do próprio PMDB que não se convenceram de que o candidato Nelsinho é um bom nome para ser lançado ao governo. “Eu conheço membros do PMDB que não apoia essa candidatura do Nelsinho, existem pessoas que fazem parte do partido e que não confiam na candidatura dele, se tem alguém desesperado, é o próprio Nelsinho”.

Concordando com as afirmações de Amarildo, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) garante que a cassação de Bernal não gera desgaste na imagem de Delcídio. “Com certeza a população sabe diferenciar, o que nosso partido prestou apoio ao prefeito até o fim, fomos fiel ao voto popular. O que o Alcides Bernal merecia era um voto de confiança da câmara, mas não teve. Claro que ele falhou também porque devia ter se dedicado mais a buscar apoio, mas dizer que nosso candidato vai sofrer com isso é uma mentira”.

Kemp faz questão de ressaltar ainda, que o partido de Nelsinho está desesperado porque buscava uma aliança com o PT. “Quem está desesperado é o PMDB, que tinha um grande interesse em formar uma aliança com nosso partido, mas não conseguiu. Eles se precipitaram lançando candidato ao governo e nosso partido não abriria mão do senador Delcídio, então se eles tinham interesse, deveriam ter demonstrado isso antes. Essas afirmações provem que Nelsinho está delirando”, finaliza o deputado.

Dany Nascimento