03 de agosto de 2021
Campo Grande 30º 14º

Incerteza toma conta do PT que começa a se contradizer

A- A+

Hoje é o dia D, onde será decidida e firmada, ou não, a aliança entre o PT e PSDB. Os petistas começam a se contradizer, não sabendo se a união irá se consolidar. Enquanto Delcídio afirma que irá se reunir nesta noite com a presidente Dilma Rousseff, o deputado federal Antônio Biffi garante que a aliança já foi descartada.

O vereador Zeca, que já não defende mais a aliança, analisa as informações e considera estranho essa divergência, o que, denota que o PT, de fato, está dividido em relação á aliança com os tucanos.

"Não entende o porque os dois estão se contradizendo, visto que ambos estão sempre juntos", questiona Zeca.

Biffi afirmou na manhã de hoje que é impossível fazer a aliança entre tucanos e petistas no Estado, e ressaltou que será elaborada uma nota pelo senador Delcídio, à imprensa, que deverá ser publicada hoje ainda, sobre a assunto. Já o vereador Zeca afirma que, até o momento não está sabendo dessa nota e que, a decisão sobre a aliança ou não cabe apenas a direção nacional do partido. “Eu não sei porque o Delcídio e o Biffi se contradizem, até porque eles estão sempre juntos”, comenta. O vereador acrescenta também que a única aliança que será aprovada pela nacional petista é uma aliança branca entre os partidos.

O prazo dado pelos tucanos termina hoje. Caso a aliança não se concretize, ao que tudo indica o deputado federal tucano, Reinaldo Azambuja, não concorrerá mais a vaga de senador, mas irá se lançar como pré-candidato ao governo, em chapa com o PSB, para uma disputa, até o momento, com Delcídio e o peemedebista Nelsinho Trad.

Tayná Biazus