27 de julho de 2021
Campo Grande 31º 12º

"Por bem", PR escolheu caminhar com PT, afirma Londres Machado

A- A+

Após o anúncio nesta manhã, feito pelo senador e pré-candidato a governo do Estado, Delcídio do Amaral, de que a vaga de vice-governador ficará para o PR, Delcídio garantiu que esta decisão foi tomada juntamente a João Leite Shimidt, presidente estadual do PDT e afirmou ainda que o Partido Democrático Trabalhista continuará ao seu lado nesta caminhada.

Ao questionar o deputado estadual, Londres Machado sobre o nome que integrará a chapa do pré-candidato, Londres diz que nada foi decidido até o momento e lembrou ainda que Delcídio concretizou hoje o partido na vaga. “Ainda não há nome definido, o PR irá se reunir nos próximos dias para decidir isso, acredito que antes das convenções o nome será anunciado”.

Sobre as afirmações que o governador André Puccinelli teria feito, afirmando que o Partido Republicano iria ficar “por bem ou por bem” com o PMDB, em uma aliança, Londres apenas disse que “por bem” o PR decidiu pelo PT. “Não é porque o Delcídio aparece em primeiro lugar nas pesquisas, mas porque é com ele que nos identificamos melhor e o nome de Delcídio é o melhor para o momento”.

Delcídio foi questionado se há a possibilidade de Puccinelli ter espaço em seu palanque, em resposta, o senador disse que o governador terá palanque próprio e que o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) é uma retribuição de tudo o que ela fez de bom para o Estado. “A atitude do governador é correta, ele terá palanque próprio e será dono do palanque, ele convida quem ele quiser para subir”. Delcídio ressaltou que a decisão de Puccinelli foi cautelosa e leal e acredita que o governador irá ajudar muito na reeleição da presidente.

Sobre a especulação que o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, teria aceito o convite de Delcídio para a vaga de Senado, o senador negou que houve a decisão e ainda aguarda a resposta de Longen, que deverá ser anunciada até o dia 31 de maio.

Tayná Biazus e Dany Nascimento