29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

PR usou desculpa esfarrapada para não apoiar PMDB no Estado, afirma Cabeludo

O vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB) afirmou na tarde de hoje que alguns partidos usaram “desculpa esfarrapada”, alegando que não foram procurados pelo pré-candidato ao governo do Estado, Nelson Trad Filho (PMDB) para firmar uma aliança em Mato Grosso do Sul. Cabeludo faz questão de ressaltar que o PR (Partido da República) é um dos partidos que sempre caminharam ao lado do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) no Estado e agora mudou de ideia e decidiu apoiar a pré-candidatura de Delcídio do Amaral.

“Esse negócio de que o Nelsinho não procurou alguns partidos é uma desculpa esfarrapada dos partidos que nos apoiavam e agora decidiram mudar o apoio. O PR sempre caminhou com o PMDB, tanto que ajudamos a eleger dois vereadores do PR na eleição passada. Mas agora dizer que não foi procurado pelo Nelsinho é apenas uma desculpa. Isso é conversa mole”, afirma o vereador.

Vanderlei garante que pretende apoiar a pré-candidatura de Nelsinho, mas quando o assunto é apoiar o pré-candidato à presidência da República Eduardo Campos (PSB), o vereador deixa claro que caminhará ao lado do governador André Puccinelli (PMDB) que declarou apoio à pré-candidata a presidência da república Dilma Rousseff (PT), cogitando a possibilidade de se licenciar do PMDB para retribuir tudo que a petista fez por Mato Grosso do Sul.

“Eu caminho ao lado do governador há 36 anos e não é agora que vou mudar de lado. Eu vou apoiar a pré-candidatura do Nelsinho e caminharei com o André, apoiando a pré-candidatura de Dilma nas eleições de 2014”.

Dany Nascimento