25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

Prefeito Gilmar Olarte defende criação da CPI da Folia

O prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) conversou com a imprensa pouco antes de participar da audiência pública que trata da PEC 215/00 realizada neste momento na Assembleia Legislativa do Estado. Olarte explicou que, para ele, é natural que a Câmara de Vereadores considere a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Folia para investigar gastos com as festividades do carnaval 2014. "Cada um tem sua função, eu tenho como função como função cumprir minhas obrigações, mas não posso ser responsabilizado por erros cometidos na gestão passada. Essa CPI está sendo criada pelos vereadores e de fato existem muitos músicos que não receberam até hoje", afirma. O prefeito ressaltou que cabe a ele informar aos vereadores a população sobre que vem acontecendo e acrescentou que, embora não tenha sido erro dele, irá tentar o possível dentro da lei para resolver os problemas e pendências. Greve Em relação aos servidores dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) que estão em greve, o prefeito afirmou que não entende o motivo pelo qual os servidores fizeram isso, uma vez que o reajuste solicitado pela categoria foi concedido, mas garantiu que as crianças da Capital não ficarão desamparadas. PAC Mobilidade O prefeito confirmou a solenidade de assinatura do PAC Mobilidade para próxima sexta-feira e confirmou avinda do Ministro das Cidades Gilberto Occhi e a presença do governador André Puccinelli (PMDB). PP Olarte também anunciou que se reunirá com o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira para discutir os rumos do partido. "Irei jantar ou almoçar com Ciro na próxima semana. Ele me disse que precisamos rever a estabilidade jurídica do partido", explica Olarte em relação à permanência do ex-prefeito cassado Alcides Bernal na presidência da sigla em Mato Grosso do Sul. Heloísa Lazarini e Dany Nascimento