14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Prefeitura entrega novo ônibus para atender escola agrícola

A- A+

O prefeito Marquinhos Trad, acompanhado pela secretária municipal de Educação, Elza Fernandes Ortelhado, e pela secretária-adjunta, Soraia Inácio de Campos, visitaram nesta terça-feira (23) a escola agrícola “Governador Arnaldo Estevão de Figueiredo”. Na ocasião, o prefeito entregou um ônibus escolar que irá realizar o transporte dos alunos que estudam na unidade. O veículo foi comprado com recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), por meio de convênio.O ônibus vai atender a Semed (Secretaria Municipal de Educação), por meio do programa “Caminho da Escola”, do Governo Federal, criado em 2007 e que tem o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantindo a qualidade do transporte dos estudantes, o que contribui com a redução da evasão escolar.

Equipado com plataforma, o veículo custou R$ 242.100,00 e conta com 55 lugares, incluindo espaço para cadeirante. “Com apenas dez meses de gestão já conseguimos este veículo, equipado com todos os dispositivos de segurança”, frisou o prefeito.

A secretária Elza Fernandes ressaltou que o ônibus foi uma aquisição importante para a Rede Municipal de Ensino e demonstra preocupação da atual gestão com a Educação. “O bem-estar de nossas crianças é prioridade. Ficamos muito felizes com essa conquista”, disse.

Mostra Cultural

O prefeito e as duas secretárias, acompanhados pela diretora da escola, Maria Kátia Miranda da Silva, também prestigiaram a Mostra Cultural organizada pelos alunos do Ensino Fundamental e que tem o objetivo de divulgar os projetos pedagógicos desenvolvidos ao longo do ano. Desde trabalhos que visam conscientizar quanto a economia de energia até as práticas do campo, cada turma mostrou o que aprendeu dentro das disciplinas tradicionais e nas específicas do Ensino Médio, voltadas para a formação de Técnico em Agropecuária.Em cada sala, maquetes, cartazes e desenhos ilustravam as explicações dos alunos. Entre os trabalhos apresentados, o gibi que destaca através da história em quadrinhos o cultivo de abelhas, a maquete de uma residência que visa conscientizar sobre o uso racional da energia elétrica até a concepção de um minhocário foram alguns dos destaques.

Atento às explicações, o prefeito Marquinhos Trad elogiou os trabalhos realizados e a dinâmica das apresentações. “Fiquei muito feliz com o que vi. Todas as equipes, tanto da escola, quanto da Semed, estão empenhadas em fazer o melhor para o aperfeiçoamento de cada um de vocês, que estão valorizando este aprendizado”, afirmou.

A secretária Elza Fernandes Ortelhado também destacou a segurança dos alunos em explicar os temas. “Em cada sala pude perceber o domínio que vocês têm em desenvolver as atividades e explicar os trabalhos. A maneira como as atividades são desenvolvidas faz com que os alunos se sintam parte realmente da escola. É muito gratificante ver um resultado tão produtivo no final do ano”, disse.

A diretora Maria Kátia ressaltou que a dedicação das equipes da escola reflete nas conquistas dos estudantes, tanto que quatro alunos da unidade se destacaram nas Olimpíadas de Matemática. “Nosso foco é fazer com que os alunos venham felizes para a escola, criando um ambiente de respeito e valorização dos profissionais”, pontuou.Além da Mostra Cultural, também foi organizada a Festa da Leitura, evento que mostrou, através de apresentações artísticas, como teatro e música, todos os projetos desenvolvidos durante o ano letivo. Entre os destaques, a sala para exibição de filmes, contanto a trajetória do cinema e as barracas temáticas, com foco nas obras de oito autores clássicos brasileiros, como Eça de Queiroz e Machado de Assis, despertaram a atenção dos visitantes.

Em uma delas, a obra “A cartomante”, de Machado de Assis, era explicada por uma aluna vestida como a personagem que dá nome ao livro. “É emocionante para os professores ver este evento porque os alunos se dedicam e transformam a feira em uma competição saudável. Eles ficam orgulhosos de demonstrar o que aprenderam”, afirmou a professora de Língua Portuguesa e Literatura, Milsa Duarte Ramos Vaz.

A aluna Larissa dos Santos, que se forma este ano em Técnico Agropecuária lembrou com carinho dos dez anos que passou na escola. “Vou sentir muita falta porque foi aqui que descobri minha profissão. Estas feiras culturais incentivam os alunos a estudar porque aprendemos de forma lúdica”, destacou.

Projetos retomados

Após visitarem a exposição, o prefeito Marquinhos Trad, a secretária Elza Fernandes e a secretária-adjunta Soraia Inácio de Campos percorreram as áreas da escola, destinadas às aulas de práticas do campo e conheceram os projetos retomados na atual gestão, como a reativação do aviário, que hoje produz 400 ovos por semana e complementa a merenda escolar. Com a produção também são feitos bolos e pães.Também na atual gestão foi retomado o abate no setor da suinocultura, através de parceria entre a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) e um abatedouro local, que entrega a carne já inspecionada para os alunos realizarem as aulas de desossa, onde eles aprendem os vários tipos de cortes. “São abatidos até dez leitões por mês. Após as aulas, a carne é consumida também na merenda”, explicou a diretora Maria Kátia.

Já no espaço destinado aos bovinos, o prefeito garantiu que vai agilizar a construção de um pequeno abatedouro, para que os alunos possam aprender sobre os tipos de cortes. Hoje, as turmas acompanham desde a gestação dos animais até o nascimento. Após o abate, a carne também será oferecida na alimentação escolar.

A secretária de Educação e a secretária adjunta ainda visitaram a produção de legumes e hortaliças. De acordo com os professores, só de cenoura e beterraba são produzidos 50 quilos por semana e pelo menos 200 maços de hortaliças, utilizados para o consumo dos alunos, que também utilizam o local para aprender as técnicas de cultivo.