08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Deodápolis

Presidente da Câmara é investigada por pagamento ilegal de diárias

A- A+

A presidente da Câmara de Vereadores de Deodápolis - distante 263 quilômetros de Campo Grande - Karenn Ramsdorf Leonardo da Silva (PMDB) é alvo de investigação do Ministério Público Estadual (MPE) por suposta improbidade administrativa.

Conforme publicação do Diário Oficial do MPE desta quinta-feira (31), a Ouvidoria do órgão constatou, por meio da manifestação n. 11.2015.00000446-4, que a presidente teria efetuado pagamento de diárias de forma indevida. 

Caso semelhante já aconteceu em cidades como Rio Brilhante, Ribas do Rio Pardo, Naviraí e Paranaíba onde vereadores foram presos e cassados devido ao pagamento e recebimento de diárias ilegais.

O inquérito será conduzido pelo promotor de Justiça Victor Leonardo de Miranda Taveira.