07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Presidente da Comissão de Ética estuda convocar vereadores investigados para oitivas

A Comissão de Ética da Câmara de Vereadores de Campo Grande não descarta convocar parlamentares investigados para oitivas. A informação é do presidente da Comissão vereador João Rocha (PSDB). 

Segundo relator, foco é analisar toda documentação apresentada pelos vereadores na defesa e posteriormente decidir se haverão ou não oitivas. "Não descartamos possibilidade de oitiva, estamos recebendo defesas, foco agora é analisar cada uma delas", diz Rocha. 

A comissão investiga se houve quebra de decoro parlamentar por parte de nove vereadores, que se tornaram alvo do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) na Operação Coffe Break.

São investigados vereadores: Mario Cesar (PMDB), presidente afastado; Edil Albuquerque (PMDB); Airton Saraiva (DEM); Waldecy Batista Nunes (PTB), o Chocolate; Gilmar da Cruz (PRB); Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão; Edson Shimabukuro (PTB); Paulo Siufi (PMDB) e Jamal Salem (PR).

O vereador Airton Saraiva (DEM) se disse tranquilo e considera investigação do Gaeco "grande mal entendido". "Vou colaborar, está tudo tranquilo isso tudo não passa de diz que me disse, tudo será esclarecido".

Assim como Saraiva, Paulo Siufi (PMDB), garante que não há nada o que esconder. "Entreguei minha defesa semana passada, não há o que esconder."