14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

PMDB muda de ideia e vai negociar cargos em governo de Azambuja

A- A+

O deputado estadual e presidente regional do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), Junior Mochi voltou atrás e disse na tarde de hoje, que vai conversar amanhã com o governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB) na ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) para solicitar uma reunião com os peemedebistas para definir como será a participação do partido no governo tucano. O PMDB, segundo Mochi, decidiu negociar com Reinaldo alguns cargos.

“Amanhã o Reinaldo estará na Assembleia e eu vou ver com ele quando será possível sentar e conversar sobre a participação do PMDB em seu governo. Queremos ter participação no governo, mas ainda não sabemos de que forma vamos participar, pode ser com secretarias ou de outra forma, isso ainda será discutido”, explica Junior.

Mochi havia dito no dia 20 de novembro , que o PMDB manifestou intenção de não compor efetivamente o governo de Azambuja, levando em consideração que uma das estratégias do partido seria não compor o governo pedindo em troca a continuação do partido na ALMS, já que o atual presidente, Jerson Domingos (PMDB) foi indicado para ir para o TCE (Tribunal de Contas do Estado).

Agora o deputado peemedebista voltou atrás e disse que pretende conversar com o tucano sobre a possibilidade de o partido participar de seu governo, o que pode sinalizar nova estratégia do partido diante do silêncio de Reinaldo sobre eleição para presidência da Assembleia.

Dany Nascimento