05 de maro de 2021
Campo Grande 28º 21º

Eleições 2016

PSD diz que Marquinhos se diferencia porque não é fabricado

A campanha de Marquinhos Trad (PSD) à Prefeitura de Campo Grande terá dois pilares centrais: a participação da sociedade e a marca pessoal do pré-candidato, sua autenticidade. Estes são, segundo dirigentes e lideranças do partido, diferenciais que pesam a favor do deputado estadual na disputa.

 

“Em geral, as candidaturas sem histórico efetivo de inserção social com engajamento verdadeiro e resolutivo precisam de um profundo trabalho demarketing político para melhorar sua imagem e seu poder de convencimento”, analisa o presidente do Diretório Estadual do PSD, Antônio Cézar de Lacerda Alves. “E a vantagem do Marquinhos é que ele não precisa de truques mercadológicos para se apresentar à população. Ele, por seu trabalho e seus acúmulos, já está apresentado. Trata-se de um produto autêntico, verdadeiro, cuja identificação popular brotou espontaneamente”, completa o dirigente.

 

Um atestado dessa certeza, conforme Lacerda, poe ser constatado no dia a dia da pré-campanha e nas mobilizações do PSD, a exemplo da ação orgânica e programática denominada “Conversa com a Nossa Gente”, com a qual o partido e seus aliados colhem subsídios para enriquecer e legitimar as propostas de governo. O projeto vem sendo desenvolvido há pouco mais de quatro meses e já fez cerca de 600 reuniões com moradores de 350 bairros e dos distritos de Anhanduí e Rochedinho, com a presença de Marquinhos e dos pré-candidatos à Câmara Municipal. Até o encerramento dessa atividade, previsto para início de agosto, terão sido visitados perto de 400 bairros e vilas, metade dos núcleos populacionais existentes no município.

 

“É interessante observar que em todos os lugares o Marquinhos é recebido como se fosse um morador do bairro, um membro da família ou um velho amigo. Ele está sempre à vontade e o carinho espontâneo das pessoas, com certeza, fornece e renova o fôlego para a caminhada”, diz Lacerda. “Por tudo isso, por essa sintonia espontânea, pela forma decidida com que as pessoas abraçam o projeto, é que não há necessidade de fabricar um candidato, de inventar simpatias. O Marquinhos é o que é e sua palavra tem peso. Se ele diz que todos os campograndenses serão prefeitos juntos com ele, a resposta maciça do povo em sido favorável e entusiasmada”, acrescenta.

 

Marcada para quatro de agosto, a Convenção do PSD vai oficializar a chapa majoritária com Marquinhos Trad para prefeito e as chapas das disputas proporcionais para a Câmara Municipal. Quatro partidos já declararam apoio a Marquinhos e vão participar da coligação com o PSD, que espera ainda a adesão de outras legendas.