27 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 23º

PT fecha programa de governo para Delcídio em junho

Até à primeira quinzena de junho estará concluído o documento final do programa de governo do PT-MS, a ser defendido na campanha do pré-candidato ao governo do Estado, senador Delcídio Amaral. Já concluída, a primeira etapa de levantamentos do Grupo de Trabalho e Estudos coordenado pelo ex-presidente regional da legenda, Marcus Garcia, foi iniciada em 15 de janeiro e entregue a Delcídio no dia 28 de março.

O pré-candidato petista está lendo e estudando todos os resultados desses levantamentos, que ocupam 380 páginas de uma publicação reservada, o “Diagnóstico de Mato Grosso do Sul”, fruto de mais de 200 reuniões. Para a elaboração do diagnóstico, 130 pessoas trabalharam no alinhamento de 29 áreas temáticas. Ao todo, esse processo de reuniões e consultas envolveu mais de 600 pessoas.

Para elaborar o diagnóstico, o partido buscou suportes estatísticos oficiais e estabeleceu uma ampla e variadíssima rede de contatos, que incluem dirigentes de organizações classistas patronais e laborais, organizações não-governamentais, entidades comunitárias, clubes de serviço e instituições corporativas de todos os gêneros.

Na próxima etapa, o programa de governo será refinado em um laboratório de ideias de construção também ampla e democrática, com as plenárias territoriais para apresentação do diagnóstico e coleta de sugestões. Para assentar os dados, organizá-los e formatar a primeira parte dos levantamentos e conclusões, o partido contou com  militantes, aliados, técnicos e interlocutores de forças não-obrigatoriamente vinculadas ao campo e alianças do PT. Calcula-se que o documento final seja entregue a Delcídio no dia 10 de junho.

Edson Moraes, especial para MS Notícias