25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

PT prepara represália contra rompimento do PTB

images-cms-image-000378368 Após debandada inesperada do PTB na véspera da convenção nacional que oficializou a candidatura da presidente Dilma Rousseff, o Palácio prepara uma represália ao partido. Segundo o colunista Lauro Jardim, o governo começou a mapear os cargos do PTB para varrer todos os quadros do partido. O PT atribui a rebelião a Gim Argello, “mais novo integrante da lista de parlamentares non gratos no Palácio”. O partido ainda pretende explorar na campanha a informação de que partiu da cadeia, em referência à atuação de Roberto Jefferson nas articulações do PTB, a decisão do partido de apoiar o presidenciável Aécio Neves. O ex-deputado que cumpre pena pela AP 470, avalizou a mudança por intermédio da filha, a deputada estadual Cristiane Brasil (PTB-RJ). Brasil 247