22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

PT realiza reunião no fim do mês para discutir nomes para presidência

A- A+

Os membros do PT (Partido dos Trabalhadores) ainda não possuem os nomes que podem concorrer à presidência do partido em Mato Grosso do Sul e voltam a defender que o novo presidente será escolhido através de um consenso, contrariando o deputado federal Zeca do PT, que é uma das maiores lideranças petistas do Estado.

Zeca defende o fim do consenso e disputa entre diversos nomes de diferentes correntes para resgatar a discussão política dentro do partido na tentativa de reavivar o PT. Mesmo assim, o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) afirmou na tarde de hoje ao MS Notícias que acredita no consenso e destacou que uma reunião será realizada no fim de janeiro para discutir os nomes que desejam estar à frente do PT no Estado.

“No final desse mês nós vamos reunir o partido para conversar, ainda não temos uma data exata, mas vamos sentar para conversar sobre a questão da presidência. Precisamos conversar com os membros e definir qual seria o nome ideal para assumir o PT e temos que colocar como fator determinante a capacidade que o escolhido tem para tocar o partido”, diz Amarildo.

Concordando com as afirmações de Amarildo, o deputado estadual Cabo Almi (PT) disse que acredita em consenso entre os membros para indicar um nome. “Vamos esperar a reunião para começar a discutir qual será o melhor nome para a presidência do partido”.

Questionado sobre a possibilidade de Zeca do PT ser o nome presidente do partido no Estado, já que o deputado federal afirmou ao MS Notícias que colocará o nome a disposição caso ninguém se disponibilize, Almi diz que Zeca é um bom nome, mas prefere aguardar a reunião petista para ter uma opinião formada sobre o melhor nome para assumir o PT no Estado.

Dany Nascimento