27 de julho de 2021
Campo Grande 31º 12º

Puccinelli abomina ataques pessoais entre adversários na campanha

A- A+

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, na tarde de hoje, que procura não atacar nenhum candidato que irá concorrer às eleições de 2014 e garantiu que faz críticas apenas à administração anterior do Estado (Zeca do PT), por ter deixado o Estado “endividado” ao terminar seu mandato.

"Eu não ataco ninguém, só falo do desastre que foi a administração anterior. Comprovo com documentos isso porque a relação refeita da dívida era de 181%, o dobro de reforço que tem que fazer um governador. Eu vou entregar o Estado com 90 ou 95% menos”, afirma Puccinelli.

André faz questão de dizer que teve que reorganizar Mato Grosso do Sul e ressalta que os ataques não são pessoais ao ex-governador petista. “Eu falo do que era, a parte pessoal eu não falo, não faço e isso nem deve ser feito com ninguém. Se deve falar em termos de propostas. Quando me chamam para votação eu compareço e voto. Quando me chamam para dar palpites eu dou e não insulto ninguém”.

Dany Nascimento e Karla Machado