17 de janeiro de 2021
Campo Grande 26º 23º

Puccinelli afirma que Aécio pediu seu apoio caso dispute segundo turno

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) disse que o pré-candidato à presidência da República, Aécio Neves (PSDB) pediu seu apoio, caso consiga disputar um segundo turno nas eleições de 2014. “Ele pediu meu apoio se for para o segundo turno. Eu disse para ele me mostrar serviço antes disso e veja as questões dos incentivos fiscais”.

Diante disso, Puccinelli afirma que caso a presidente Dilma dispute um segundo turno, seu apoio continua sendo da pré-candidata petistas. “Se a Dilma ganhar em primeiro turno eu não preciso cogitar apoiar ninguém, mas caso ela vá para um segundo turno, estarei apoiando ela novamente. É como um casamento, não posso dizer que vou casar com uma moça linda e maravilhosa e por trás dizer que só falei de mentirinha. Eu não faço isso, por isso que gostam muito de mim e outros não gostam, porque eu falo a verdade mesmo”

Questionado sobre seu apoio ao PT prejudicar a pré-candidatura de Nelson Trad Filho (PMDB) ao governo do Estado, André garante que a decisão não afetará Nelsinho porque a população saberá diferenciar.  “Eu a apoiarei e isso não pode prejudicar o Nelsinho. O povo de Mato Grosso do Sul sempre separou a eleição estadual da federal”.

Dany Nascimento