24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Reinaldo deve visitar a Assembleia Legislativa do Estado nesta semana

A- A+

O deputado federal e governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou para a reportagem do MS Notícias na tarde de hoje, que deve visitar a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nos próximos dias. A informação foi concedida durante visita do futuro governador à Defensoria Pública.

Reinaldo Azambuja explicou que só está esperando o atual governador André Puccinelli (PMDB) encaminhar alguns projetos para a Assembleia para pode marcar a visita com os deputados de Mato Grosso do Sul.

“Estamos marcando essa visita para os próximos dias. Tem alguns projetos que o atual governador vai encaminhar para a Assembleia com algumas mudanças. E quero tratar essas mudanças diretamente com os deputados”, afirma Azambuja.

Continuando sua agenda de visitas, o governador eleito está, neste momento, em reunião com os defensores públicos do Estado. De acordo com Reinado Azambuja, o objetivo do encontro é alinhar as prioridades para Mato Grosso do Sul.

“Sabemos do bom trabalho da defensoria principalmente para as pessoas mais carentes. Sabemos que falta atendimento em algumas regiões e vamos ter um entendimento nisso. Vamos discutir hoje as necessidades e fortalecer um bom trabalho”.

Reinaldo Azambuja que pretendia anunciar os nomes dos novos secretários do governo em dezembro deixou a entender para a imprensa nesta tarde, que a decisão final poderá ser anunciada somente em janeiro.

“Defendemos a remodelação. Tenho 60 dias para definir minha equipe. Nenhum nome foi definido e agora vamos trabalhar com a equipe de transição e vê se tudo está organizado para o início do mandato”, finaliza.

Reinaldo se reuniu com o defensor público geral, Paulo André Defonte, a sub-defensora  pública geral, Nancy Gomes, a segunda sub-defensora pública geral, Carmem Almeida Garcia, o corregedor geral da defensoria, Francisco Carlos Bariani e a sub-corregedora, Glória de Fátima Galbiati.

O defensor público geral, Paulo André Defonte afirmou que Azambuja demonstrou que está preocupado com a ausência do Estado em algumas regiões. “O Reinaldo mostrou que está preocupado com a ausência do Estado em algumas regiões que atende a população de modo geral. Ele compreende a dimensão da defensoria e vamos pontuar os projetos. Podemos contribuir intermediando soluções e vamos fazer isso”.

Matéria editada às 16:48 para acréscimo de informação

Karla Machado e Dany Nascimento