15 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

CASA DE LEIS

Rose Modesto e Fábio Porchat contribuem com projetos de vereadores

Ações de parlamentares garantem incentivo para Casa da Mulher, valorização de professores e literatura, além de exaltar fauna local

Ações parlamentares têm ido em diferentes frentes, garantido uma cobertura de causas que precisam ser abordadas para o bom desenvolvimento da sociedade. Investimentos, reparações em bairros e editais tem levado o trabalho da Câmara Municipal até o alcance da população.

Mais recente, através de solicitações dos vereadores João César Mattogrosso (PSDB) e Camila Jara (PT), estão em andamento, protocoladas ainda em fevereiro, junto à Deputada Federal Rose Modesto (PSDB-MS), visando garantir meio milhão de reais para manutenção e pintura da Casa da Mulher Brasileira (CBM) de Campo Grande, que tem atendimento voltado ao enfrentamento de todas as formas de violência contra a mulher.

No último dia 03 de fevereiro a Casa da Mulher Brasileira de Campo Grande completou seis anos. Referência nacional, concentram-se na unidade todos os serviços essenciais de assistência à mulher violentada. O atendimento especializado, integral e humanizado visa o rompimento do ciclo da violência e a transformação de padrões machistas e patriarcais que resultam em violência.

Mulheres em situação de violência tem na figura da Casa da Mulher um acolhimento e triagem; apoio psicossocial; Delegacia; Juizado; Ministério Público, Defensoria Pública; promoção de autonomia econômica; cuidado das crianças – brinquedoteca; alojamento de passagem e central de transportes.

Rose Modesto garante esse recurso através de duas fontes: o Ministério da Infraestrutura e o da Cidadania. Assessoria do parlamentar, coautor do pedido de emenda junto à Deputada Federal, João Cesar Mattogrosso, destacou as parcerias como uma das características de ação do vereador.

“É com grande satisfação que recebemos essa informação, que com certeza vai contribuir para o aprimoramento dos atendimentos realizados através da Casa da Mulher Brasileira. Nosso agradecimento à Deputada Federal Rose Modesto, que mais uma vez nos atendeu, sendo esse pleito uma parceria com a vereadora Camila Jara em prol das mulheres campo-grandenses”, afirmou o parlamentar.

PRAZO DE EDITAL

Organizações públicas ou da sociedade civil de Campo Grande, tem até amanhã (04.mar.2021) para preencher o formulário online do processo seletivo de emendas da vereadora Camila Jara (PT), lançado em 25 de fevereiro.

Cada projeto será financiado por emendas parlamentares com execução prevista para esse ano, nas áreas da saúde ou assistência social. Temas específicos constam no edital (saúde da mulher, pessoas com deficiência, educação sexual, prevenção à evasão escolar, educação digital, prevenção de violência, etc.) e as ações devem estar firmadas com esses compromissos.

Haverá análise legal, jurídica e técnica de cada projeto e, os seis selecionados para receberem os recursos, serão três para cada área, saúde e assistência social. Um de cada área será escolhido pelo gabinete da vereadora enquanto os demais, por votação popular. Para inscrever-se, basta CLICAR AQUI.

CCJ DA CÂMARA

Presidida por Otávio Trad (PSD), a Comissão Permanente de Legislação, Justiça, e Redação Final (CLJR) teve sua primeira reunião, onde foi deliberado pelos integrantes as metas e planejamentos durante período de atuação. O encontro contou com a abstenção do Vice-presidente William Maksoud (PTB) e a presença dos membros Clodoilson Pires (Podemos); João César Mattogrosso (PSDB) e Marcos Tabosa (PDT).

Responsáveis por analisar a legalidade dos projetos apresentados à Casa, ficou firmado que as reuniões acontecerão a cada dois meses, abertas, no Plenário Edroim Reverdito e com transmissão pela internet.

“Buscamos sempre o entendimento e o melhor andamento da CLJR para que os projetos que por aqui passarem estejam sempre voltados para a melhoria da qualidade de vida das pessoas de nossa Capital. Vamos olhar tecnicamente cada um deles e nos posicionarmos conforme a situação colocada. É um trabalho muito importante e que exige muita responsabilidade”, avaliou Clodoilson Pires.

OUTRAS AÇÕES

Através da Case de Leis a literatura e os profissionais da educação não deixam de serem reconhecidos e trabalhados, mesmo diante da ação da pandemia. Vereador João Rocha tomou um tempo na Sessão Ordinária de ontem (02.mar.2021) para congratular com moção à professora Andreza Lescano, 34 anos, que realiza suas aulas na Escola Municipal Nicolau Fragelli.

Os parabéns vieram pela criatividade e empenho da profissional, no desenvolvimento de atividades didático pedagógica, reinventando-se para que os alunos não se percam no ano letivo e na vida pessoal, durante as aulas remotas apresentadas devido a pandemia.

Ela se vestiu em alusão a “Mário Bros”, sendo a 'super professora' do 'Super 3º Ano'. Andreza ainda criou um projeto pedagógico para a turma dela com base 'nas lições' do jogo. O objetivo é fazer os alunos participarem das aulas remotas, entregar atividades em dia, com capricho e aprender o que é proposto.

"Traz a perseverança. A perseverança perante os obstáculos. Ele [Mário Bros] passa por vários reinos dos cogumelos, até chegar aonde ele quer, que é salvar a princesa. Ele passa por vários obstáculos para poder ganhar. As vezes ele não ganha. As vezes ele perde. E tem que começar tudo de novo. É isso que nós também vamos trabalhar. A persistência, as lições da vida. De não desistir quando não dá certo. De enfrentar os obstáculos até chegar aonde a gente quer chegar esse ano, que é o conhecimento. Melhorar nossa aprendizagem, principalmente a alfabetização", comentou a profissional ao Portal G1.

Pelas mãos do vereador Ronilço Guerreiro, a literatura também tem seu espaço de difusão através de ações da Câmara Municipal. Com sua proposta de campanha, a "Freguesia do Livro" está pronta para rodar as feiras da Cidade Morena.

Para concretizar esse projeto, contou com apoio de doação do ator e humorista Fábio Porchat. Os dois se conheceram em 2011 durante o programa "Esquenta" da Rede Globo, comandado na época por Regina Casé. Durante visita à Capital para apresentação de seu espetáculo "Fora do Normal", ainda em 2013, o comediante conheceu a sede do projeto de incentivo à leitura de Ronilço, a Gibiteca e na época, o comediante doou a bicicleta adaptada "Gibicicleta" para o projeto do atual vereador. 

"As feiras recebem milhares de pessoas todos os dias e quero levar leitura para esse público. Nossa meta é fazer de nossa Capital uma cidade de leitores e esse projeto estará circulando pelos bairros e distribuindo livros para a população. Sempre digo que ‘Não é que as pessoas não gostam de ler, os livros é que muitas vezes não chegam até as pessoas’”, explicou o vereador, que aguarda segurança no cenário da Covid-19 para começar o trajeto itinerante da Freguesia.

Amanhã, 5ª feira (04.mar.2021), haverá análise dos parlamentares sobre o PL de autoria do Executivo Municipal, que visa reconhecer a cidade morena como "Capital das Araras" e instituir o "Dia Municipal de Proteção das Araras", a ser celebrado anualmente em 22 de setembro.

Essa ação dos parlamentares será em regime de urgência, com única discussão e votação. “Campo Grande é uma cidade bastante arborizada, com vários parques e reservas, manchas de Cerrado, buritizais e extensos quintais e áreas públicas com árvores frutíferas, muitas delas nativas, fornecendo importante serviços ecossistêmicos. Com isso, possui em área urbana uma grande diversidade de aves e mamíferos, destacando-se a presença das grandes araras”, citou o Executivo, na justificativa da proposta.

Leia também

• Câmara Municipal realiza Sessão Solene Inaugural da 11ª Legislatura

• Quem é Beto Avelar: O novo líder de Marquinhos na Câmara dos Vereadores

• "Desfavelar": Luta de Carlão, comunitário que agora ocupa a presidência da Câmara de Vereadores

• William Maksoud defende união da Câmara e Executivo para o bem da cidade

• Vereadores levantam pauta sobre a privatização dos correios na Câmara