22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Eleições

Rose Modesto realiza encontro com os jovens e apresenta seus planos

"Foi dada a largada"

A- A+


Na primeira reunião oficial da campanha, a candidata à prefeitura de Campo Grande Rose Modesto ouviu a juventude na noite desta terça-feira (16) no comitê central, localizado no cruzamento das ruas Barão do Rio Branco e José Antônio.

A candidata apresentou as 5 prioridades do se plano de governo, e respondeu às perguntas dos participantes, que entregaram uma carta de intenções com reivindicações. Mais de 300 jovens participaram do encontro, com as lideranças dos partidos coligados, estudantis, religiosas, comunitárias e artistas. 

“Ao longo da história, toda revolução passou pela juventude”, disse a candidata.

 A candidata que já trabalhou na educação pública como professora, falou sobre os altos índices de desistência dos jovens no período noturno.

Defendeu investimentos em tecnologia para tornar o ambiente mais atrativo, e também citou o déficit de vagas nas creches. “Os nossos professores têm se dedicado incansavelmente, mas é preciso ter um gestor que entenda a importância da educação”, explicou Modesto. 

Já o candidato a vice-prefeito, o diretor-superintende licenciado do Sebrae/MS, Claúdio Mendonça, falou sobre um dos motivos de preocupação para a juventude: o desemprego. “Nós temos aqui a experiência com o ‘Sistema S’, com as federações, para gerar qualificação e oportunidade no emprego, trazendo indústria e empresa para o nosso município”, pontuou.

Foto:Divulgação/Assessoria 

Esperança

Na tarde desta terça-feira (16), também no Comitê Central, a candidata realizou adesivagem de veículos. Militantes do PSDB adesivaram cerca de 150 carros, e depois distribuíram panfletos na região.

A candidata da coligação Juntos por Campo Grande contou ainda que a campanha foi muito bem recebida pela população. “Por mais que exista um cansaço natural pelo momento que o País está vivendo, de crise econômica, política e de valores, a gente percebe que nasce uma esperança na população, de que podemos fazer bem a Campo Grande". (Com assessoria).