16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

GUERRA | INTERNACIONAL

Rússia ameaça invadir Suécia e Finlândia

Há 8 anos Rússia invadiu e tomou territórios dos vizinhos; em 24 de fevereiro invadiu e mantém avanço militar injustificado sobre a Ucrânia

A- A+

As autoridades russas fizeram ameaças diretas contra a Suécia e a Finlândia nesta quinta-feira (12.mai.22) em resposta ao desejo dos países de aderirem à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A Rússia fará invasão militar nos vizinhos que aderirem à Aliança.  

Isso foi afirmado pelo vice-representante permanente da Rússia na ONU, Mikhail Polyansky, em entrevista a jornais russos: 

"A adesão da Suécia e da Finlândia à OTAN não será um golpe de segurança para a Rússia, a Rússia está pronta para enfrentar a ameaça da Aliança" , disse ele.

Polyansky também disse que assim que a Finlândia e a Suécia se juntarem à Otan e implantarem forças aliadas em seu território, os territórios desses países se tornarão um alvo possível e legítimo para os militares russos.

Mais cedo mostramos aqui no MS Notícias, que o presidente e primeiro-ministro da Finlândia disse que a Finlândia deve solicitar urgentemente a adesão à Ontan, pois fortalecerá sua segurança.

Em 12 de maio, soube-se que a Rússia poderia cortar o fornecimento de gás para a Finlândia na sexta-feira, 13 de maio, em retaliação a entrada do país na Otan. Os principais políticos da Finlândia foram alertados sobre isso.

A Finlândia, que compartilha uma fronteira de 1.300 quilômetros com a Rússia, a aumentou gradativamente sua cooperação com a Otan desde que Moscou anexou a península da Crimeia, em 2014.

 

Até a Rússia invadir a Ucrânia, em 24 de fevereiro deste ano, o país nórdico, no entanto, se recusava a ingressar na aliança militar para manter relações amistosas com o vizinho oriental.