16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

ELEIÇÕES 2022 | LULA

"Satanás que está lá no poder e pisa na nossa cabeça", diz mulher sobre Bolsonaro (ao vivo)

Ex-presidente Lula discute o custo de vida e o direito à alimentação em encontro com mulheres na Brasilândia, em São Paulo

Leia também

• Em pré-campanha, Lula diz que vai tirar 8.000 militares de cargos comissionados

• Sem Moro, pesquisa mostra Lula com 44% e Bolsonaro sobe

• Bolsonarista aborda vendedor de toalhas para debochar de Lula e quebra a cara; vídeo

• "Brasil nunca teve um presidente tão desqualificado moralmente", diz Lula

• Lula tem 45% dos votos, contra 46% dos adversários somados, revela Ipespe

• Pesquisa BTG/FSB: Lula lidera com 41% e Bolsonaro sobe para 32%

• Lula comenta suposto esquema de votação do BBB e joga shade em Aécio Neves após foto viral

• 'O Lula não é Bolsonaro. É inteligente e tem passado. Eu o respeito', diz Doria

• Juiz condena Delcídio a pagar R$ 10 mil por delação mentirosa contra Lula

• 'Bolsonaro é "fariseu" e se aproveitou da fé da população, diz Lula

Centenas de mulheres falam com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) neste sábado (30.abr.2022), em um em Brasilândia, em São Paulo, sobre o custo de vida e o direito à alimentação. Uma das mulheres ao usar o microfone disse que Jair Bolsonaro é um "Satanás que está lá no poder e pisa na nossa cabeça". 13 mulheres da periferia foram ao palco ao lado de Lula para falar sobre a realidade da vida nas comunidades. Elas disseram "Lula, na comunidade você já está eleito, mas quando estiver lá, volte a lutar por nós como você sempre fez".  

Também participaram do evento o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e a presidente do PT Gleisi Hoffmann, além de dezenas de lideranças.  

O salão lotado não permitiu que todas as pessoas entrassem no local, então, um telão foi colocado no lado externo. 

Um carrinho de compra simbolizou a  fome no governo Jair Bolsonaro, que com R$ 100,00 não tem poder de compra. 

Uma das presentes, fez uma oração para Lula e Haddad e alertou o ex-presidente sobre sua segurança: "Vigia Lula, vigia!", disse ela.  

Assista AO VIVO: 

CORRA PARA REGULARIZAR SEU TÍTULO 

Eleições 2022: regularize o título até 4 de maio e fique apto a votar nas eleições 2022. 

Prazo para atualização ou emissão do documento coincide com fechamento do cadastro eleitoral.

Em menos de quatro meses, no dia 4 de maio, termina o prazo para regularizar o título eleitoral, ou mesmo solicitar a primeira via do documento, em tempo para votar nas Eleições 2022. O procedimento é simples, rápido e pode ser feito pela internet, com o sistema Título Net. 

A data é estipulada pela Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97 – artigo 91), que prevê o fechamento do Cadastro Eleitoral 150 dias antes de cada pleito. Durante esse período, o cidadão poderá resolver pendências como transferência de domicílio eleitoral ou outras decorrentes de ausência ou justificativa nas três últimas eleições.

Portanto, para evitar contratempos, é importante se antecipar (nos últimos dias, é alta a procura pelo serviço) para quitar eventuais débitos e poder exercer o direito de participar da escolha dos próximos deputados estaduais, deputados federais, governadores, senadores e presidente da República. A votação em primeiro turno ocorrerá no dia 2 de outubro, e o segundo turno, se houver, em 30 de outubro.

COMO PROCEDER

Tanto o alistamento (primeira via do título) quanto a regularização podem ser solicitados pelo sistema Título Net, no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Assista ao vídeo com passo a passo.

Para tirar a primeira via, após informar a Unidade Federativa em que reside, você será informado sobre os documentos necessários (selfie segurando um documento de identificação; comprovante de residência atualizado.

Segundo a Resolução TSE nº 23.659/2021, artigo 35: "A apresentação de certificado de quitação militar somente é obrigatória para alistandos do gênero masculino que pertençam à classe dos conscritos", ou seja, para os brasileiros nascidos entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano em que completarem 19 anos de idade, os quais compõem a classe chamada para a seleção, tendo em vista a prestação do Serviço Militar inicial.

Na página seguinte, em “Título de eleitor”, selecione a opção “Não tenho” para prosseguir o atendimento. Os dados informados serão analisados pela Justiça Eleitoral, e o acompanhamento pode ser feito aqui.

Os que desejam realizar alguma alteração no cadastro eleitoral, devem, antes de tudo, conferir a situação junto à Justiça Eleitoral, neste link. Em seguida, no sistema Título Net, insira as informações e os documentos solicitados e acompanhe o requerimento. 

E-TÍTULO 

Outra forma prática de consultar eventuais pendências junto à Justiça Eleitoral é o aplicativo e-Título. A ferramenta também é utilizada como título eleitoral digital, substituindo o documento em papel no dia das eleições. Basta fazer o download gratuito em telefones celulares ou tablets de qualquer plataforma (AndroidiOS).

Confira a página Tudo sobre o Título Eleitoral

André Puccinelli já passou por 37 municípios mostrando propostas para o futuro
ELEIÇÕES 2022
há 28 minutos

André Puccinelli já passou por 37 municípios mostrando propostas para o futuro

Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados
EVANGELISMO
há 35 minutos

Deive Leonardo se apresenta no Rio com ingressos esgotados

Professores da UFMS decidem se entram em greve
EDUCADORES
há 41 minutos

Professores da UFMS decidem se entram em greve

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais, é preso após 3 anos
PRINCIPAL SUSPEITO
há 1 hora

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais, é preso após 3 anos

Zezé Di Camargo e Luciano estreiam turnê com Chitãozinho e Xororó
NOSTALGIA
há 2 horas

Zezé Di Camargo e Luciano estreiam turnê com Chitãozinho e Xororó

Samantha Schmütz ataca Juliette Freire: "Ela é artista?"
POLÊMICA
há 2 horas

Samantha Schmütz ataca Juliette Freire: "Ela é artista?"