27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Coligação

SD lança pré-candidatos a vereador e quer indicar vice de Rose

Entre os cotados para compôr a chapa como vice de Rose Modesto (PSDB), está o apresentador Tatá Marques.

A Comissão Executiva Municipal do Solidariedade (SD),

presidida pelo vereador Herculano Borges, voltou a se

reunir para discutir a sucessão na Capital e saiu na frente

em relação aos demais partidos, definindo já sua chapa

de pré-candidatos a vereador e propondo nomes para

vice da pré-candidata Rose Modesto (PSDB).

Com a presença de aproximadamente 60 partidários o SD

e avalizou uma lista de 30 pré-candidatos a vereador. Os

dirigentes do partido defenderam o realinhamento com o

PSDB para as eleições majoritárias e proporcionais.

A reunião contou ainda com a participação do presidente

da Executiva Estadual, Alessandro Menezes, o secretário-

geral do Diretório Regional, Adauto Cândido de Almeida e

o presidente da Força Sindical, Ildemar da Mota Lima,

além do vereador Eduardo Cury (Dr. Cury), e o jornalista

Bosco Martins, secretário de Comunicação da Executiva

Estadual.

Alessandro Menezes disse que a aliança com os tucanos

para a eleição do governador Reinaldo Azambuja “deu

certo” e em dois anos o SD se fortaleceu em todo Estado,

o que leva o partido a lançar candidatos a vereador em

Campo Grande e no interior. “O SD tem propostas

convergentes com a política adotada pelo governador

Reinaldo Azambuja, que busca o desenvolvimento

ordenado e melhoria das condições de vida da população

por meio de programas sociais e de geração de emprego

e renda”, destacou Herculano.

Bosco Martins realçou a nova política do governo

Reinaldo Azambuja e as ações na área de saúde,

sugerindo a indicação de um médico para vice da pré-

candidata Rose Modesto. “Dr. Renato Figueiredo,

conhecido como Dr. Saúde, tem uma militância sindical e

médica reconhecida na Capital. Seu perfil se identifica

muito com a nova política social voltada à saúde

implementada pelo governador. Ele teve uma excelente

performance como candidato nas eleições passadas”,

discursou o jornalista Bosco Martins, lembrando que Rose

e o Dr. Saúde formariam uma chapa ampla capaz de

contemplar todos os segmentos da sociedade”.

Para Bosco Martins, um dos articuladores do SD, o

comunicador Tatá Marques, também cotado para ser

candidato a vice, seria “o condutor ideal, pela sua

popularidade, para puxar as candidaturas proporcionais e

garantir à futura prefeita uma bancada forte e

representativa na Câmara de Vereadores”.

Os dirigentes e partidários do SD aplaudiram a ideia e já

se preparam para organizar a convenção que vai

homologar as candidaturas.