21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Secretário de governo permanece até notificação, segundo Bernal

A- A+

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) disse nesta quarta-feira (18) ao MS Noticias, que irá conversar com o secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais e vereador cassado, Paulo Pedra (PDT) nesta quinta-feira (19). “Estou em Brasília visitando ministérios, ainda não tive oportunidade de conversar pessoalmente com ele [ Paulo Pedra]. Estou aguardando ser notificado. O que a justiça decidir está decidido, mas até lá, ele [ Paulo Pedra] permanece secretário de governo”, disse o prefeito.

Além de aguardar publicação do acórdão do TSE ( Tribunal Superior Eleitoral) e notificação do TRE/MS ( Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), Bernal afirma acreditar em uma possível reviravolta da situação. “Pedra vai recorrer e essa situação pode reverter. Ele [ Paulo Pedra] alega inocência ”, acrescentou.

Pelo decreto nº 12.675, de 1º de Julho de 2015, instituído pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, a cassação de Paulo Pedra vai de encontro ao regime da Ficha Limpa, condição para ingresso em cargo ou emprego público no âmbito da administração direta e indireta do município de Campo Grande. A exigência é prevista no inciso VI, do artigo 67, da Lei Orgânica do Município.

Paulo Pedra, e demais vereadores Thais Helena (PT) e Delei Pinheiro (PSD) tiveram seus mandatos cassados após decisão do pleno do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) proferida na noite desta quarta-feira (17), por unanimidade de votos. O TSE restabeleceu a decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que cassou o mandato dos parlamentares por indícios de compra de voto.