02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Setembro Branco pretende chamar atenção e buscar apoio para pessoas com distrofia muscular

O vereador Eduardo Cury (Partido Solidariedade) apresentou na sessão desta terça-feira (28) na Câmara Municipal de Campo Grande, o projeto de lei nº 8.295, em regime de urgência, que institui o “Setembro Branco” e o Dia Municipal de Prevenção e Orientação da Distrofia Muscular em Campo Grande. A proposta está em tramitação.

A convite do parlamentar, a neurologista e presidente da Associação Médica de Mato Grosso do Sul, Drª Maria José Martins Maldonado, fez uso da Tribuna para orientar sobre a distrofia muscular, considerada patologia muscular mais frequentemente registrada.

Segundo Drª Maria José, “é importante chamar atenção para a questão, principalmente devido à dificuldade de diagnóstico. Por isso, é importante que as pessoas conheçam e lembrem a doença no mês de setembro, como uma forma de apoio para que as famílias tenham acesso à investigação e ao tratamento dessa patologia”.

Para a presidente da Sociedade em Prol da Acessibilidade, Mobilidade Urbana e Qualidade de Vida de MS (SPAMS), Rosana Puga de Moraes Martinez, o projeto de autoria do Dr. Cury é um passo importante para conquistar “tudo aquilo que não temos, tais como assistência ventilatória regulamentada e medicamentos fundamentais para a qualidade e sobrevida dos pacientes, que em sua maioria não está na lista do SUS [Sistema Único de Saúde]”.

A aprovação do projeto, segundo Dr. Cury, “vai representar o primeiro passo, passando a dar no mês de setembro voz e alavancarmos todas as medidas necessárias para entrarmos na realidade dessa doença no Brasil. Nossa intenção é termos todos os recursos que nos faltam”.