28 de julho de 2021
Campo Grande 14º

Simone defende manutenção do Fundersul e reconhece que mudanças podem ser feitas

A- A+

A candidata ao Senado, Simone Tebet (PMDB) afirmou na tarde de hoje, que o Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul) não deveria ser extinto como vem sendo defendido por alguns candidatos ao governo do Estado. Para Simone, o Estado necessita do Fundersul para oferecer melhorias aos produtores.

“Se eu for eleita, eu não terei acesso ao Fundersul. Mas acredito que se tiver que alterar algo no fundo, isso deve ser feito em comum acordo com os produtores rurais. Eles precisam deste fundo para ter as estradas no mínimo cascalhadas. É necessário transformar pontes de madeira em concreto e não temos recurso para fazer esses investimentos a não ser através do Fundersul”, afirma a candidata.

Simone destaca ainda que não acredita na extinção do Fudersul e afirma que o candidato que defende a extinção irá desistir ao avaliar a situação econômica do Estado. “Não acredito que seja extinto, porque é um fundo muito importante. Temos que manter esse nível de investimentos. Nesse aspecto acho muito difícil que alguém consiga extinguir o fundo, sei que a intenção do candidato quando fala isso pode ser boa, mas na hora que pegar os números e ver a realidade econômica do Estado, essa ideia vai acabar”.

Ao ser questionada sobre uma solução para os problemas levantados pelo produtores rurais, que reclamam da aprovação do PL (Projeto de Lei) nº 57/14, do Poder Executivo, que modifica a legislação que trata sobre o Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul), e prevê que 50% do valor arrecadado com diesel seja destinado aos municípios do interior para investir em vias públicas, Simone ressalta que o correto seria uma reunião entre o governo e os produtores para fazer as modificações e chegar a um consenso, já que o Estado necessita do recurso arrecado pelo Fundo.

Dany Nascimento