24 de julho de 2021
Campo Grande 32º 16º

Simone se reúne com assentados e diz que vai trabalhar para desenvolver a zona rural

A- A+

A candidata ao senado Simone Tebet (PMDB) esteve com cerca de 300 moradores de oito assentamentos do município de Terenos, que conheceram as propostas da candidata, num encontro realizado no assentamento Campo Verde, 40 quilômetros distante da cidade. Simone disse que irá ajudar o homem do campo, responsável por colocar o alimento na mesa do brasileiro, mas que ainda tem muitas necessidades. Destacou que os assentamentos de Terenos são orgulho para o Estado pela organização e produção. No encontro, a candidata recebeu uma carta de reivindicações das lideranças. “Infelizmente o homem do campo não tem o tratamento devido e precisamos ajudar, seja na questão do crédito fundiário, ajudando cada vez mais a conquistar a terra, seja na produção e industrialização deste produto, no acesso fazendo com que essa produção chegue aos estabelecimentos comerciais”, elencou Simone Tebet. A candidata comentou também sobre o lucro justo para o homem do campo. O produto sai do campo geralmente muito barato, mas quando chega na mesa do trabalhador chega muito mais caro. “Então essa diferença precisa acabar, por isso precisamos ter um olhar mais especial. Esse é o nosso compromisso”, afirmou Simone. Foi apontado também pela candidata a importância da agroindústria para agregar valor ao produto do campo e gerar mais renda ao trabalhador rural. “Quem produz o leite, por exemplo, pode através da cooperativa fazer aqui o requeijão, o queijo minas, o doce de leite. Mesma coisa com os outros produtos. Se vocês souberem higienizar o produto e empacotar, podem colocar no supermercado com preço maior. Assumo um compromisso de ajudá-los no processo de desenvolvimento da zona rural, da agricultura familiar”. Entre as propostas da candidata também estão melhorar as estruturas nas escolas rurais, cursos profissionalizantes, infraestrutura com a construção de casas populares, garantir água e energia elétrica nos assentamentos e levar o apoio de patrulhas mecanizadas para a produção. Leide Laura Meneses com assessoria