21 de junho de 2021
Campo Grande 28º 13º

Simone alerta futuro governador para "não deixar Estado sair dos trilhos"

A- A+

A senadora eleita e vice-governadora do Estado, Simone Tebet (PMDB), votou na escola estadual Lucia Martins Coelho, e aproveitou para falar à imprensa sobre o Estado e como o próximo governador o irá assumir e do trabalho que pretende realizar no Senado federal. De acordo com Simone, o próximo governador irá receber o Mato Grosso do Sul em uma situação tranquila, porém, que deve ser cuidado para “não sair dos trilhos”.  De acordo com a vice-governadora, a situação financeira não é a ideal, mas a classifica como tranquila. “O  13º salário vai estar pago e não vai haver dívida acumulada”. A candidata declarou apoio ao candidato ao governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), na semana após o resultado do primeiro turno, que colocou o tucano e o petista, Delcídio do Amaral, lado a lado na corrida para o governo. Além disso, Simone, garantiu trabalhar, como senadora, para trazer recursos para o Estado, para ser investido em obras de infraestrutura e na saúde. “Temos questões desde a reforma tributária à reforma política para ser tratada. A questão do fundo nacional de segurança  pública deve ser vista com mais atenção. Os dois candidatos à presidência se comprometeram a apoiar o Estado financeiramente, embora a segurança pública seja responsabilidade exclusiva do Estado”. Para Simone, a campanha para o segundo turno foi diferente, pois só aconteceu através de redes sociais. “Nunca teve uma campanha dessa forma, silenciosa nas ruas e extremamente acirrada nas redes sociais, eu particularmente não gosto disso, sou dessa do contato com o eleitor na rua, para ver se estamos falando a verdade ou mentira”, finalizou. Enquanto estava na escola, Simone encontrou o senador Rubén Figueiró, que declarou seu voto ao presidenciável Aécio Neves e ao candidato ao governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). “Meu voto é 90. 45 aqui e 45 lá”. Tayná Biazus e Karla Machado