13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Reinaldo promete austeridade fiscal, valorização da educação e planejamento de obras

A- A+

"Nossa primeira tarefa é resgatar o sonho em comum daqueles que lutaram pela formação do Mato Grosso do Sul. Temos que trnasofrmar esse sonho em meta coletiva e trabalhar duro e juntos na descentralização do governo." Essas foram algumas das palavras do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante discurso de posse dos secretários ontem.

Reinaldo criticou a gestão anterior, que segundo ele, permitiu que o  Estado fosse o penúltimo colocado em investimentos públicos na saúde de todo país e disse que é preciso focar no desenvolvimento social, em especial na educação, para alavancar o desenvolvimento do Estado. "Não podemos mais ter o pior Ideb do centro-Oeste. Temos que fomentar educação de qualidade para transformar a vida das pessoas."

Azambuja assumiu com discurso arrojado, falando em modernidade, ousadia, chegou até a desafiar opositores dizendo não ter medo de pressão. "Se enganam aqueles que pensam que vou ceder a pressões", disse.  O governador criticou o antigo modelo de gestão em que o desenvolvimento econômico se concentrou em apenas poucas cidades e prometeu alterar essa divisão. "Vamos intensificar o agronegócio  que é um poderoso motor da ecnomia regional e agregar a ele mais valor. Vamos também buscar oportunidades em novas cadeias produtivas que se organizam pois já temos um parque industrial em plena expansão.

Com discurso voltado para social, o governador lembrou que desenvolvimento econômico é consequência direta da melhoria da qualidade de vida da população e por isso reafirmou seu compromisso em aumentar investimentos na área de saúde, educação e segurança pública.

Outro ponto considerado chave por Reinaldo para garantir credibilidade e funcionalidade da gestão pública é dar transparência a todos os procedimentos do Estado. "As obras e todas as ações do governo terão alto grau de transparência. Seremos um governo que não teme ser fiscalizado e que vai fiscalizar. Vamos conduzir investimentos com apreço, com planejamento e regime de austeridade, o que significa preço justo, prazo certo e entrega de qualidade", finalizou.

Heloísa Lazarini