18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Troca de comando

Takimoto diz que Azambuja acertou levando Barbosinha para a Sejusp

“O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) deu mais uma demonstração de competência e visão ao designar o deputado estadual José Carlos Barbosinha (PSB) para comandar a Secretaria de Justiça e Segurança Publica (Sejusp)". Quem afirma é o deputado estadual George Takimoto (PDT), ao parabenizar Azambuja e desejar sucesso ao colega, elencando fatores essenciais para manifestar essa opinião.

Segundo o pedetista, o governador, por força da lei, foi cuidadoso e inteligente ao promover a substituição do titular da Sejusp, o procurador Sílvio Maluf cuja carreira veda o exercício de outra função pública. “Era necessário considerar que o Dr Maluf vinha fazendo um belo trabalho e a pasta não podia sofrer solução de continuidade”, observou.

“A estratégia de gestão impõe que num governo, e sobretudo em áreas capitais da agenda social, seus responsáveis tenham, além da aptidão para a função, a sensibilidade e o calejamento político, tendo em vista o volume e a complexa amplitude de relações que uma secretaria como essa precisa estabelecer no âmbito de suas atribuições”, analisou Takimoto.

O parlamentar trabalhista destaca o acúmulo de conhecimentos adquiridos por Barbosinha ao longo de uma trajetória vitoriosa na via publica. E descreve alguns itens que legitimam a escolha do peessebista. “É um advogado e parlamentar que está sempre atualizado e pesquisa os meandros do ofício. Não por acaso presidiu a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia. Foi prefeito de sua cidade e presidiu a empresa estadual de saneamento. Tem experiência tanto no Executivo como no Legislativo. E mais: tem serenidade e firmeza para decidir”.

Na sessão desta quinta-feira (31), os deputados prestaram homenagem a Barbosinha, que agradeceu ao apoio da Casa e prometeu esforçar-se para levar a cabo a missão que lhe foi confiada. Takimoto disse a ele que não tem qualquer dúvida sobre seu êxito na função, reconhecendo a complexidade de dirigir a política de segurança publica de um Estado com milhares de km de fronteira com dois países, ambos na rota do narcotráfico, divisa com cinco estados e uma das maiores populações carcerárias do País. “É um desafio gigantesco, mas o deputado Barbosinha, com certeza, vai dar as respostas que a sociedade reclama. Está preparado para isso”, arrematou Takimoto.