07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Eleições 2016

Takimoto vê debate sobre nomes superando propostas

O deputado estadual George Takimoto (PDT) diz ser preocupante o excesso de atenção que os partidos e forças políticas estão dando a nomes e candidaturas, em detrimento dos debates e propostas para resolver os problemas da população. Para ele, ao menos na mídia as questões programáticas têm recebido menor ênfase que os prováveis protagonistas das disputas que ocorrerão em 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

Takimoto cita que em cidades grandes, como Campo Grande e Dourados, a sociedade enfrenta demandas que precisam ser analisadas e respondidas com propostas claras, objetivas e viáveis. “Discutir nomes é importantíssimo. Porém, antes dos nomes, é preciso que os partidos e a própria sociedade concentrem-se na discussão e na proposição de soluções para os problemas que afetam os munícipes”, salientou.

O parlamentar pedetista mencionou ainda alguns dos problemas que mais têm deixado apreensiva a população, como a saúde, a educação, a segurança e a corrupção. Ele defende uma reflexão firme e contundente das lideranças e dos estrategistas políticos no sentido de priorizar o debate propositivo. “É preocupante ver tantas manchetes e reportagens destacando as chances de fulano, os projetos pessoais de beltrano, a filiação de ciclano, tudo isso em função de candidaturas. Mas como ficam as propostas de cada um para sua cidade? Qual é o perfil de cada um em relação à capacidade necessária para resolver problemas pontuais ou conjunturais?” - indagou Takimoto.

“Isso preocupa, porque o processo eleitoral precisa ser qualificado pelo debate, pela ação propositiva. Os candidatos é que precisam ter um perfil que se ajuste aos programas, para que sejam um resultado desse debate. Não é ao contrário. Primeiro tem que ser a proposta, depois o nome”, opinou. E concluiu: “Quanto mais se dá importância maior ao nome, mais cresce a impressão de que predominam projetos pessoais acima do interesse publico”.