13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Urnas para a votação paralela do segundo turno serão sorteadas neste sábado

A- A+

As urnas eletrônicas que serão utilizadas na votação paralela, no segundo turno das Eleições 2014, serão sorteadas no próximo sábado, às 9h, no plenário do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

O procedimento, que é acompanhado por uma empresa de auditoria contratada, será realizado pela Comissão de Votação Paralela, composta por servidores do TRE e presidida pelo Juiz Paulo Afonso de Oliveira.

Serão sorteadas duas urnas, sendo uma de Campo Grande e outra do interior, que estão com carga de votação oficial e seriam utilizadas nas eleições de domingo. As urnas sorteadas são retiradas do local de onde se encontram e substituídas por outras, as quais serão carregadas com os dados oficiais das urnas sorteadas. Votação Paralela

A votação paralela é um dos diversos mecanismos criados pela Justiça Eleitoral para comprovar a confiabilidade do sistema eletrônico de votação. Trata-se de um sistema de auditoria das urnas eletrônicas, aberto à imprensa e à sociedade civil, que serve para confirmar o funcionamento correto dos seus programas, bem como a exata captação e contabilização do voto pela urna eletrônica.

O procedimento ocorre no domingo, mesmo dia e horário oficial da votação, sendo acompanhado por representantes de partidos políticos, da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil), do Ministério Público, além de fiscais que verificam a assinatura digital dos programas e o resumo digital. Em seguida, os participantes, antes de votar na urna eletrônica, revelam aos fiscais em quem votarão e registram sua escolha também em um terminal de apuração independente da urna.

Depois, é feita a comparação do resultado da votação revelado pelo participante, com o resultado registrado no boletim de urna. O objetivo é mostrar que o que foi digitado no teclado da urna corresponde exatamente à escolha de quem votou.

Karla Machado com Assessoria