30 de setembro de 2020
Campo Grande 40º 23º

Vander vai a encontro do PR e aguarda chegada de Delcídio para fechar aliança

O deputado federal Vander Loubet (PT) chegou há pouco na Assembleia Legislativa onde acontece o encontro regional do PR (Partido da República) de Mato Grosso do Sul. Vander conversou com o MS Notícias e explicou que foi até o enveto hoje para reforçar o desejo do PT de formar uma aliança com PR. Segundo Vander o senador Delcídio do Amaral, pré-candidato do PT ao governo do Estado deve chegar em instantes para conversar com o presidente regional do partido, deputado estadual Londres Machado. "O PR já disse o que quer, o PT disse que aceita, e o Delcidio vem hoje aqui para concluir isso", afirma Vander. Em relação às exigências do PR para compor uma aliança, o deputado reconhece que ainda não foi completamente definido se a vaga de vice-governador na chapa petista irá para o PR ou para o PDT, que foi o primeiro partido a oficializar apoio a Delcídio. "Falta fechar com PR e PDT essa questão, mas acho que o PT tem que oferecer as vagas de vice e suplente de Senado para os partidos aliados." Em relação aos nomes que poderiam ser indicados, seja pelo PR ou pelo PDT, Vander acredita que o PT terá que acatar qualquer decisão. "A aliança se faz com o partido, quem o partido indicar o PT tem que acatar, mas claro que quem governa é o governador o vice vem para complementar e ajudar." Na semana passada, o senador Delcídio do Amaral garantiu que esta semana iria anunciar o nome de seu candidato a vice-governador, depois de concluir as negociações com PR e PDT que  pleiteiam a vaga. Delcídio, no entanto, fez questão de ressaltar que ambos possuem condições de indicar um vice, mas que ele deseja ter ao seu lado um vice atuante que represente uma nova imagem política e seja da região da grande Dourados. Conforme Delcídio, será possível agregar PR e PDT mesmo que apenas um deles indique o vice. Heloísa Lazarini e Dany Nascimento