30 de setembro de 2020
Campo Grande 40º 23º

Mudança de pré-candidato ao Senado não passa de fofoca, garante vereador

O vereador Chiquinho Telles (PSD) garantiu que seu partido não fez pedido ao PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), solicitando a vaga ao Senado e ressalta que a vaga foi oferecida pelos tucanos. “Não foi o PSD que pediu a vaga e sim o Azambuja que ofereceu. O Azambuja é uma pessoa inteligente e tem juízo, é um empresário de sucesso e tem a cara do Mato Grosso do Sul”, afirma Chiquinho.

Questionado sobre rumores de que Reinaldo Azambuja prefere o nome do ex-deputado Saulo Queiroz ao invés de Antonio João, Chiquinho afirma que tudo não passa de fofocas. “Não tem como Azambuja voltar atrás com o nome do Antonio João e nesse período antes das convenções, várias fofocas devem surgir”.

Chiquinho faz questão de frisar que Antonio João é o pré-candidato ao Senado mais forte de Mato Grosso do Sul. “Se comparar o Antonio João com o pré-candidato ao Senado, Ricardo Ayache (PT) ou com Simone Tebet (PMDB), Antonio João é o nome mais conhecido entre eles. Sobre essas fofocas de troca de nome, isso não existe nem foi discutido dentro do partido. Não tem um nome melhor para a chapa majoritária do que do presidente do partido, Antonio João”.

Dany Nascimento e Tayná Biazus