22 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 18º

Vereadores afirmam que desgaste pode ter levado prefeitos apoiar Delcídio

Um grupo de prefeitos de cidades do interior do Estado foram até Brasília ontem manifestar apoio ao pré-candidato ao Governo do Estado, Delcídio do Amaral (PT). Esses prefeitos são dos partidos PMDB, DEM e PTdoB, que até então estão em conversação com o PMDB e com o PSBD, dos pré-candidatos,  Nelsinho Trad e Reinaldo Azambuja. Para o vereador Otávio Trad (PT do B), no momento está havendo uma divergência partidária entre os membros de diversos partidos, ocorrendo assim uma bagunça partidária em Mato Grosso do Sul. Otávio confirmou que seu partido está fechado em âmbito municipal com Nelsinho e apoia a candidatura do presidenciável Eduardo Campos (PSB). “Nós temos o aval do presidente nacional, o deputado federal Luiz Tibé. Estamos firmes e convictos de que Nelsinho é o melhor para o Estado”. Questionado se o motivo desses prefeitos declararem apoio ao partido de oposição é devido a um desgaste que a figura do PMDB e de Nelsinho Trad trazem à população, o parlamentar garantiu que o desgaste acontece naturalmente após oito anos à frente do executivo, referindo-se ao governador André Puccinelli. “Todos que tem boa fé para analisar a administração do Nelsinho falam que foi boa a administração em Campo Grande, agora quem tem interesses eleitorais, é lógico que coloca defeitos, isso é normal na política”. Já para o vereador Zeca do PT, a demanda dos prefeitos se dá devido tanto ao isolamento  de Nelsinho Trad, quanto de Reinaldo Zamabuja. De acordo com o vereador, os candidato percebem a envergadura e a força político eleitoral que está sendo construída em torno de Delcídio. “Todo mundo quer estar junto. Imaginem, Delcídio governador e Dilma Rousseff presidente, o que isso significa para os municípios? Isso tudo contribui para a eleição”, afirmou. Os prefeitos que compareceram ontem em Brasília são Hélio Sato, prefeito de Vicentina, que é filiado ao PMDB e Arilson Targino da mesma sigla e prefeito de Jateí, Leonel Brito, o Leleco, prefeito de Bonito, do PTdoB, a prefeita Isabel Rodrigues, a Bel, de Juti, filiada ao DEM,  os prefeitos Arceno Athas (PROS) e Erney Barbosa (PT), além do vice de Bonito, Josmail Rodrigues (PTdoB). Tayná Biazus